Após vitória, lutador de 26 anos surpreende e anuncia aposentadoria

Frankie Perez disse que, após dedicar nove anos de sua vida ao MMA, quer pensar na família e seu futuro

F. Perez (foto) fez somente duas lutas no Ultimate. Foto: Jeff Bottari/UFC

F. Perez (foto) fez somente duas lutas no Ultimate. Foto: Jeff Bottari/UFC

Não é muito comum ver um lutador perfeitamente saudável se aposentar do MMA aos 26 anos de idade. Mais incomum ainda é vê-lo fazer isso logo após a maior vitória de sua carreira. Mas foi exatamente isso que fez o norte-americano Frankie Perez.

Veja Também

Sertanejo vence no UFC FN 74 e homenageia cantor Cristiano Araújo
UFC Fight Night 74 – Charles do Bronx x Max Holloway – Resultados
Com a ex-BBB Vanessa de ring girl, Jungle Fight consagra Bruno ‘Talent’ como rei dos moscas

Na noite deste domingo (23), logo após bater o veterano canadense Sam Stout por nocaute na luta que fechou o card preliminar do UFC Fight Night 74, em Saskatoon no Canadá, Perez surpreendeu a todos e anunciou que, de forma bastante prematura, sua carreira profissional nas artes marciais mistas estava chegando ao fim.

“É por causa da minha família. Eu tenho dedicado minha vida a este esporte deste que eu tinha 17 anos, e agora eu tenho 26. Eu nunca tirei um ano de folga, ou mesmo uma pequena pausa. Eu venho lutando ininterruptamente desde que eu tinha 17 anos. Eu estou pronto para o próximo capítulo. Eu quero abrir uma escola, encontrar uma garota e ter alguns bebês”, disparou o lutador.

Apesar do fim de sua trajetória no octógono, o atleta da “Ricardo Almeida BJJ” disse que ainda vai continuar treinando, especialmente para ajudar seus companheiros de equipe, como Frankie Edgar e o brasileiro Edson Barboza. “Eu ainda vou treinar para ajudar meus colegas de equipe. Eu vou ajudar o Edson Barboza a conseguir o título dos pesos leves e ajudar o Frankie Edgar a conseguir o título dos penas”, garantiu.

Frankie Perez encerra sua trajetória no MMA profissional com um cartel de 10 vitórias e somente duas derrotas. O atleta de New Jersey fez somente duas lutas no UFC, ambas em 2015, e, além da vitória sobre Stout, teve uma derrota para Johnny Case em janeiro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments