Ronda revela ter pensado em suicídio após derrota para Holm | SUPER LUTAS

Ronda revela ter pensado em suicídio após derrota para Holm

Em entrevista à apresentadora Ellen DeGeneres, loira citou apoio do namorado como motivação para seguir em frente

Ronda (foto) perdeu para Holm em novembro. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda (foto) perdeu para Holm em novembro. Foto: Josh Hedges/UFC

A derrota para Holly Holm mexeu mesmo com Ronda Rousey. Após ser derrotada pela primeira vez como profissional, e logo com um nocaute brutal, a ex-campeã do UFC passou por momentos difíceis e confessou ter até pensado em se matar. A motivação para seguir em frente, segundo Ronda, foi o namorado Travis Browne.

Veja Também

“Eu estava literalmente sentada, pensando em me matar e que ‘eu não sou nada e ninguém dá a mínima para mim’. Mas levante a cabeça e vi Travis. Olhei para ele, e estava tipo ‘eu preciso ter seus bebês. Preciso me manter viva'”, disse a loira, durante o programa “The Elle DeGeneres Show”.

Em sua biografia, Ronda já havia revelado problemas para lidar com a derrota no passado, como quando ficou com a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos. O episódio, inclusive, motivou um comentário da brasileira Bethe Pitbull, que acabou associado ao suicídio do pai da loira e gerou grande polêmica antes do UFC 190, no ano passado.

Ronda, cujo cartel profissional no MMA é de 12 vitórias e uma derrota, não luta desde a derrota para Holm, no último mês de novembro. Recentemente, a ex-judoca retornou aos treinos, ao lado de seu técnico Edmond Tarverdyan, mas ainda não há data marcada para seu retorno ao octógono.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments