Fedor negocia com UFC e já projeta revanche contra Fabrício Werdum

Maior peso pesado de todos os tempos diz que negocia com o UFC e projeta revanche com Fabrício Werdum

Fedor (foto) pode protagonizar evento na Rússia. Foto: Divulgação/Strikeforce

Fedor (foto) espera revanche contra Werdum no UFC. Foto: Strikeforce

O namoro entre Fedor Emelianenko e o UFC ganhou mais um capítulo neste final de semana. O russo, que é considerado por muitos o maior lutador de todos os tempos e nunca chegou a lutar no octógono, voltou da aposentadoria em dezembro de 2015, e negocia com o Ultimate.

Veja Também

Vídeo: Filho de Kimbo Slice estreia no MMA com nocaute espetacular
Equatoriano do UFC pede ajuda aos fãs para pagar cirurgia da filha
Nate Diaz quer mais dinheiro e pegar McGregor nos leves: ‘Cinturão é conto de fadas’

“Tenho sido perguntado muito sobre o UFC. Nossas portas estão abertas e nós estamos conversando sobre isso. Talvez aconteça no futuro”, disse Fedor em entrevista ao programa “Epic MMA” no YouTube.

Para sua estreia no octógono, o ‘Último Imperador’, que reinou absoluto no PRIDE, na última década,, já projeta seu adversário ideal: o brasileiro Fabrício Werdum. O gaúcho, atual campeão do UFC, finalizou Fedor no Strikeforce, em 2011, e quebrou uma incrível série de 10 anos e 28 lutas sem sem derrota de Fedor.

“Gostaria de ter uma revanche contra Fabricio Werdum. Disse ao UFC muitas vezes que eu quero e aceitaria essa luta. Não tenho que provar nada, mas quero lutar com o melhor dos melhores. E gostaria de lutar com o campeão do UFC Fabricio Werdum”, completou o russo.

Fedor e o UFC

O namoro entre Fedor Emelianenko e o UFC é antigo, desde o fim do PRIDE em 2007. De lá para cá, o Ultimate tentou contratar por várias vezes o russo, considerado amplamente o maior lutador peso pesado de todos os tempos. No entanto, as negociações nunca obtiveram sucesso. Em 2015, Emelianenko anunciou que retornará às lutas depois de um período de três anos aposentado. As negociações com o UFC voltaram a mesa, mas imposições da M-1, empresa que gerencia a carreira do russo, impossibilitaram o negócio.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments