Após defender cinturão, lutadora se empolga e beija comentarista na boca

Tonya Evinger ainda vomitou em um balde antes de beijar a repórter e comentarista oficial do Invicta FC Laura Sanko

Evinger (esq.) e Sanko (dir.), protagonistas do beijo. Foto: Reprodução

Evinger (esq.) e Sanko (dir.), protagonistas do beijo. Foto: Reprodução

Defender com sucesso seu cinturão é, sem sombra de dúvidas, um dos momentos mais emocionantes para um campeão no MMA. A detentora do título peso galo do evento feminino Invicta FC Tonya Evinger, no entanto, escolheu uma forma bastante peculiar para comemorar sua vitória sobre a desafiante Colleen Schneider no último sábado (07). Após o triunfo, Tonya deu um beijo na boca da comentarista de TV Laura Sanko, que a entrevistava.

Veja Também

Vídeo: Assista à vitória de Alistair Overeem sobre Andrei Arlovski no UFC Holanda
Vídeo: Assista à derrota de Antônio Pezão para Stefan Struve no UFC Holanda
UFC Holanda: Pezão é atropelado por ‘Gigante Holandês’ em apenas 15 segundos

A história de Evinger ainda tem contornos, digamos, mais dramáticos – pelo menos para Sanko. Afinal de contas, logo após sua vitória, devido ao desgaste físico da luta de cinco rounds vencida em decisão unânime dos jurados, Tonya havia vomitado em um balde no seu corner – algo que, aliás, já se tornou praticamente uma marca registrada sua ao longo das últimas lutas. O beijo na comentarista aconteceu imediatamente após ao episódio nada  higiênico.

A explicação de Evinger, que é assumidamente homossexual, para o beijo repentino foi simples: ela disse querer ganhar o “Momento do MMA no ano de 2016”. Sanko, amiga da lutadora, comentou o episódio nas redes sociais e levou a história com bom humor. “Eu nem sei o que dizer (risos), aquilo foi hilário. Está tudo bem, a Tonya Evinger é uma brincalhona de marca maior, mas somos grandes amigas (risos)”, escreveu a comentarista, juntamente com uma foto ao lado da atleta.

No ringue, em uma atuação bastante segura, Tonya Evinger bateu Colleen Schneider em decisão unânime dos jurados e defendeu pela primeira vez o título peso galo do Invicta FC, conquistado por ela em julho do ano passado. Evinger – que tentou entrar no TUF 18, mas acabou eliminada na fase qualificatória do reality show – está invicta no MMA profissional desde 2011 e vem de nada menos que onze vitórias consecutivas.

Brasileira Lívia Souza perde o título peso palha

Hill (esq.) superou Lívia (dir.) e faturou o título. Foto: Invicta FC

Hill (esq.) superou Lívia (dir.) e faturou o título. Foto: Invicta FC

Mas o card do Invicta FC 17, realizado no último sábado (07), teve mais que somente o momento divertido de Tonya Evinger. Na luta co-principal da noite, a brasileira Lívia Renata Souza defenderia o cinturão peso palha pela segunda vez, diante da participante do TUF 20 e ex-lutadora do UFC Angela Hill.

Em um combate bastante equilibrado, no entanto, Livinha, como é conhecida, acabou superada por Hill e perdeu o cinturão, que vinha sendo seu desde abril do ano passado. De quebra, a paulista também viu sua invencibilidade no MMA cair e sofreu sua primeira derrota em dez lutas como profissional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments