UFC Holanda: Pezão é atropelado por ‘Gigante Holandês’ em apenas 15 segundos

Brasileiro foi acertado logo no primeiro golpe da luta e foi superado por Stefan Struve de 2m15cm; Yan Cabral e Francimar Bodão também perdem

Pezao (esq.) foi nocauteado por S. Struve no UFC Holanda. Foto: Josh Hedges

Pezao (esq.) foi nocauteado por S. Struve no UFC Holanda. Foto: Josh Hedges

Não deu bem para a saída. O brasileiro Antônio Pezão entrou no octógono para encarar o gigante Stefan Struve – maior lutador da história do Ultimate com 2m15cm – e toda a torcida holandesa. Mas logo no primeiro golpe do combate, o holandês encaixou uma sequência no paraibano e chegou ao nocaute em apenas 15 segundos de disputa. O combate foi atração no UFC Fight Night Holanda, evento realizado na tarde deste sábado, em Roterdã.

Veja Também

Vídeo: Assista à derrota de Antônio Pezão para Stefan Struve no UFC Holanda
UFC Holanda: Yan Cabral é nocauteado e se complica no evento
DIA DAS MÃES: Sofrimento e realização no UFC

O programa de lutas  do UFC Fight Night Holanda não foi nada bom para os atletas brasileiros. Além de Pezão, Yan Cabral foi nocauteado no card preliminar para Reza Madadi e Francimar Bodão foi finalizado pelo ucraniano Nikita Krylov.

A luta

Antes do combate, Antônio Pezão mostrava ansiedade para o início da disputa caminhando de um lado para outro em seu corner. Assim que a disputa teve início, o brasileiro foi pra cima, mas Struve aproveitou sua envergadura para conectar um upper de encontro no queixo do atleta tupiniquim.

O holandês aproveitou o momento encaixou uma forte joelhada na sequência. Pezão sentiu e tentou derrubar o gigante de qualquer maneira, mas Stuve fez a defesa e encaixou vários socos na cabeça do brasileiro até o árbitro decretar o nocaute técnico em apenas 15 segundos de disputa, o segundo mais rápido da história dos pesos pesados.

Overeem bate Arlovski e fica perto do cinturão

Na luta principal da noite, a torcida holandesa voltou a comemorar. O peso pesado Alistair Overeem derrotou o ex-campeão Andrei Arlovski, emplacou sua quarta vitória consecutiva e ficou próximo da chance por cinturão.

Arlovski começou a luta pressionando, colocando Overeem contra as grades. Mas o holandês evitou a pressão inicial e começou a soltar seu jogo.

Ele começou a aplicar pisões nos joelhos de Arlovski e ainda terminou a parcial com uma queda, com domínio no solo.

No segundo round, Overeem apostou nos chutes altos, enquanto Arlovski tentava usar os golpes de mão. Em uma das investidas do holandês, Alistair conectou um chute em cheio na cabeça bielorusso, que foi ao chão. O holandês aproveitou o momento, acertou mais alguns socos no chão e levou a disputa por nocaute técnico.

Bodão é finalizado por ucraniano

O  brasileiro Francimar Bodão entrou no octógono montado em Roterdã com o moral elevado, já que vinha de duas vitórias consecutivas no Ultimate. Mas bastaram alguns segundos para o ucraniano Nikita Krylov frustar os planos do lutador acreano.

Com um jogo em pé mais alinhado, Krylov acertou golpes potentes no brasileiro logo nos primeiros instantes e frustrou Bodão. Francimar ainda tentou a queda em duas oportunidades, mas as entradas nas pernas não foram efetivas.

No segundo round, o ucraniano repetiu a atuação na parcial anterior e acertou bons golpes em Francimar. Krylov ainda derrubou o rival. Francimar ainda tentou seu último suspiro ao atacar com um triângulo. Mas, sem pressão o lutador europeu saiu do golpe e partiu para encerrar a disputa. Ele avançou para às costas e encaixou o mata-leão a 3m11 do segundo assalto.

 Resultados do UFC Holanda:

Card Principal

Alistair Overeem derrotou Andrei Arlovski por nocaute técnico a 1m12s do R2

Stefan Struve derrotou Antônio Pezão por nocaute a 15s do R1;

Gunnar Nelson finalizou Albert Tumenov com um mata-leão a 3m15s do R2

Germaine de Randamie derrotou Anna Elmose por nocaute técnico a 3m46s do R1

Nikita Krylov finalizou Francimar Bodão com um mata-leão a 3m11s do R2

Karolina Kowalkiewicz derrotou Heather Jo Clark na decisão unânime dos juízes (29×28, 30×27, 29×28).

Card Preliminar

Rustam Khabilov derrotou Chris Wade na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28);

Magnus Cedenblad derrotou Garreth McLellan por nocaute técnico a 47s. do R2;

Josh Emmett derrotou Jon Tuck na decisão dividida dos juízes;

Reza Madadi derrotou Yan Cabral por nocaute técnico a 1m53s do R3;

Kyoji Horiguchi derrotou Neil Seery na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27);

Leon Edwards derrotou Dominick Waters na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27);

Yuta Sasaki finalizou Willie Gates com um mata-leão a 3m30s do R2;

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments