Adversário de Sérgio Moraes deixa UFC São Paulo após ser preso | SUPER LUTAS

Adversário de Sérgio Moraes deixa UFC São Paulo após ser preso

Michael Graves foi preso no último fim de semana por agressão e retirado do evento que acontece em novembro

Graves foi preso e retirado do UFC São Paulo. Foto: Divulgação/UFC

Graves foi preso e retirado do UFC São Paulo. Foto: Divulgação/UFC

Veja Também

O UFC Fight Night São Paulo, que acontece no dia 19 de novembro, no Ginásio do Ibirapuera, sofreu mais uma baixa. Michael Graves, que enfrentaria o brasileiro Serginho Moraes, deixou o card após ser preso no último fim de semana.

Graves, membro da academia American Top Team e participante do TUF 21, é acusado de agressão doméstica em Atlanta, na Geórgia (EUA). O atleta foi detido sob uma fiança de US$ 5 mil (R$ 16 mil pela cotação atual) e, até o momento, segue preso.

“O UFC está ciente de que Michael Graves foi preso no último fim de semana e responde por agressão. A organização encara a situação com seriedade e ainda se passe a fase de coleta de informações. Graves foi retirado da luta que faria no 19 de novembro como resultado desta pendência legal”, disse o UFC, em comunicado.

Graves, de 25 anos, está invicto no MMA profissional, com seis vitórias em sete lutas. Em seu combate mais recente, empatou com Bojan Velickovic no UFC 201, em julho deste ano.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments