Alvarez ironiza encarada de McGregor: ‘Nunca me senti tão pouco ameaçado’

Campeão dos leves não se intimidou ao ficar frente a frente com rival e questiona sua versatilidade dentro do octógono

Alvarez (esq) e McGregor (dir) trocaram farpas durante coletiva. Foto: Reprodução

Alvarez (esq) e McGregor (dir) trocaram farpas durante coletiva. Foto: Reprodução

Campeão dos leves do UFC, Eddie Alvarez garantiu que não ficou nada intimidado quando esteve frente a frente com seu próximo adversário, Conor McGregor, detentor do cinturão dos penas.

Veja Também

UFC frustra Aldo e anuncia McGregor pelo cinturão dos leves em Nova York
McGregor discute com Alvarez e garante: ‘Preciso de um round para nocauteá-lo’
Preterido em luta pelo cinturão, russo detona: ‘UFC virou show de horrores’

Os atletas, que farão duelo de campeões no UFC 205, em Nova York (EUA), realizaram a primeira encarada oficial na última semana. Alvarez revelou que, ao contrário do que aconteceu em praticamente todas suas lutas anteriores, não foi movido por emoções.

“Normalmente, quando encaramos um homem, meus batimentos cardíacos sobem. Eu sinto algo. Mas, quando estive no palco com ele, nunca me senti tão pouco ameaçado por um ser humano. Essa é a mais pura verdade. Nunca me senti tão pouco ameaçado”, declarou, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

Alvarez considera que McGregor não conseguirá lhe proporcionar um desafio à altura do que normalmente tem pela frente na divisão dos leves. “Eles [os pesos leves] têm habilidades versáteis e, mesmo que a luta vá a outros campos, da trocação ao chão, todos são duros em cada um deles. Eles são completos. E, até onde vi, não acho que ele [McGregor] consegue ser assim”, classificou.

O UFC 205 acontece no dia 12 de novembro e marcará a estreia do octógono na cidade de Nova York. Caso vença, McGregor se tornará o primeiro atleta da história do Ultimate a ostentar dois cinturões simultaneamente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments