UFC frustra Aldo e anuncia McGregor pelo cinturão dos leves em Nova York

Irlandês irá desafiar o campeão Eddie Alvarez no UFC 205 e deixa Aldo na espera da revanche pela unificação do título dos penas

Alvarez (esq.) defende o cinturão dos leves contra McGregor (dir.) no UFC 205 em NY

Alvarez (esq.) defende o cinturão dos leves contra McGregor (dir.) no UFC 205 em NY

Conor McGregor tanto pediu que conseguiu! O irlandês, campeão dos penas (até 65,8 kg.) do UFC, irá desafiar o norte-americano Eddie Alvarez pelo cinturão dos leves (até 70,3 kg.) na luta principal do UFC 205, evento que marca o retorno da organização a Nova York, no dia 12 de novembro, no tradicional Madison Square Garden.

A decisão frustra o brasileiro José Aldo, que esperava ter a revanche contra McGregor pela unificação do título dos penas para vingar sua única derrota no octógono, acontecida em dezembro do ano passado.

Veja Também

Alvarez dispara: ‘McGregor não é lutador para disputar cinturão’
White confirma que Nurmagomedov, e não McGregor, lutará por cinturão dos leves

O anúncio do combate entre Alvarez e McGregor foi oficializado pelo presidente do UFC, Dana White, no programa SportCenter, na ESPN norte-americana.

O anúncio do combate surpreendeu o mundo do MMA, já que o dirigente havia descartado o irlandês na luta pelo cinturão dos leves e confirmado o russo Khabib Nurmagomedov no duelo. Na manhã desta segunda-feira (26) Dana reafirmou o desejo de ver a revanche entre Aldo x McGregor. Mas, ao que tudo indica, o desejo de Conor em não voltar a categoria de penas foi mais forte.

Alvarez x McGregor

Conor McGregor, que tem um cartel profissional de 20 vitórias e três derrotas. O irlandês, que ganhou fama por destronar o brasileiro José Aldo como campeão dos penas, não atua na divisão desde que tomou o título do manauara, em dezembro de 2015. Desde então, ele estava escalado para desafiar Rafael dos Anjos pelo cinturão dos leves, mas o combate acabou cancelado devido a uma lesão no brasileiro.

Na sequência ele fez duas lutas na categoria de meio-médios (até 77 kg.), quando foi surpreendido por Nate Diaz, no UFC 196, em março, e conseguiu dar o troco no norte-americano no UFC 202, no último mês.

Diante de Alvarez, McGregor tentará se juntar a nomes como Randy Couture e BJ Penn, únicos lutadores a conquistarem títulos em duas categorias diferentes.

Por sua vez, Eddie Alvarez tem um histórico profissional de 28 vitórias e quatro derrotas. O norte-americano, ex-campeão do Bellator, fará sua primeira defesa de título depois de surpreender Rafael Dos Anjos, em julho.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments