Preterido em luta pelo cinturão, russo detona: ‘UFC virou show de horrores’

Khabib Nurmagomedov diz que foi ‘usado o tempo inteiro’ depois da notícia de que Alvarez enfrenta McGregor no UFC 205

Nurmagomedov (foto) está invicto no MMA profissional. Foto: Josh Hedges/UFC

Nurmagomedov (foto) está invicto no MMA profissional. Foto: Josh Hedges/UFC

Primeiro colocado no ranking oficial da categoria dos leves, Khabib Nurmagomedov não ficou nada feliz com a notícia de que Conor McGregor desafiará o atual campeão do peso, Eddie Alvarez, na luta principal do UFC 205, em Nova York (EUA), no dia 12 de novembro.

Veja Também

UFC frustra Aldo e anuncia McGregor pelo cinturão dos leves em Nova York
White confirma que Nurmagomedov, e não McGregor, lutará por cinturão dos leves
Sem lesões, McGregor quer disputar cinturão dos leves em Nova York

O russo, antes apontado por Dana White como próximo da fila pelo cinturão, criticou duramente a decisão da organização. “Quando assinei contrato com o UFC, ele era um esporte. Agora ele virou um show de horrores, ou seja lá como eu possa chamar”, desabafou em suas redes sociais.

Além disso, Nurmagomedov não poupou críticas ao próprio Alvarez. “Tenho comigo dois contratos que aquele campeão de m**** se recusou a assinar. Eu fui usado o tempo inteiro para fazer com que Conor e Eddie se ajoelhassem e implorassem [pela luta]. Só para constar, Eddie Alvarez e Conor McGregor têm medo de mim. Eu sou só um homem. A hora de vocês sentirem as minhas mãos vai chegar”, disparou.

McGregor tentará se tornar o único atleta da história do UFC a ostentar dois cinturões simultaneamente na organização. O irlandês é campeão dos penas, mas ainda não defendeu seu título na categoria. Já Alvarez é dono do título dos leves do UFC desde julho, quando bateu Rafael dos Anjos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments