McGregor discute com Alvarez e garante: ‘Preciso de um round para nocauteá-lo’

Irlandês afirmou que irá continuar com o cinturão dos penas mesmo se conquistar o título da categoria dos leves

Alvarez (esq) e McGregor (dir) trocaram farpas durante coletiva. Foto: Reprodução

Alvarez (esq) e McGregor (dir) trocaram farpas durante coletiva. Foto: Reprodução

Começou cedo o trash talk entre Conor McGregor e Eddie Alvarez. Durante a entrevista coletiva organizada pelo UFC para divulgar a edição 205, que marcará a estreia da organização em Nova York, dia 12 de novembro, os dois lutadores trocaram inúmeras provocações, para delírio do público presente que aplaudia efusivamente a cada resposta mais ríspida dos protagonistas do evento.

Veja Também

UFC frustra Aldo e anuncia McGregor pelo cinturão dos leves em Nova York
Nurmagomedov x Johnson fecha o card do UFC 205, em Nova York
Após não receber a revanche, José Aldo manda recado para McGregor
Preterido em luta pelo cinturão, russo detona: ‘UFC virou show de horrores’

Como de costumo, McGregor foi o primeiro a provocar. Questionado sobre qual seria sua previsão para o duelo, o irlandês, que chegou a ser interrompido por Alvarez durante sua resposta, garantiu que precisará de apenas um round para bater o norte-americano e, consequentemente, conquistar o cinturão da categoria dos leves.

“Cale a boca (para Alvarez). Eu sou o dono de Nova York, sou o dono de tudo. Eu só preciso de um round para te nocautear (…) Serão longos 25 minutos lá dentro. Vou bater nele de todos os lados possíveis. Cotovelos, socos, joelhos… vai ser de todo jeito”, esbravejou McGregor.

Alvarez, por sua vez, ironizou o oponente, dizendo que só topou o duelo por considera-lo ‘dinheiro fácil’, afirmando que não há como ser derrotado no dia 12 de novembro. “Você é dinheiro fácil, muito fácil. Você era o oponente mais fácil e que me faria mais dinheiro. Por isso te escolhi (…) Você não tem chance nenhuma contra mim. Seu treinador sabe, e todos que conhecem um pouco de luta sabem que você não tem chances.- disse Alvarez.

Ao ser indagado a respeito de como ficaria sua situação na categoria dos penas em caso de vitória sobre Alvarez, McGregor garantiu que não irá permitir que retirem seu cinturão da divisão até 66kg. Segundo ele, os dois cinturões – dos penas e dos leves – serão seus. “Vou colocar um neste ombro, um no outro e a partir daí vão precisar de um exército para tirar um deles de mim”, provocou o campeão peso pena do Ultimate, aos berros.

CARD DO UFC 205:

Peso leve: Eddie Alvarez x Conor McGregor (disputa de cinturão)
Peso meio-médio: Tyron Woodley x Stephen Thompson (disputa de cinturão)
Peso palha: Joanna Jedrzejczyk x Karolina Kowalkiewicz (disputa de cinturão)
Peso médio: Chris Weidman x Yoel Romero
Peso meio-médio: Donald Cerrone x Kelvin Gastelum
Peso leve: Khabib Nurmagomedov x Michael Johnson
Peso pena: Frankie Edgar x Jeremy Stephens
Peso galo: Miesha Tate x Raquel Pennington
Peso médio: Tim Kennedy x Rashad Evans
Peso médio: Tim Boetsch x Rafael Natal
Peso galo: Katlyn Chookagian x Liz Carmouche
Peso leve: Jim Miller x Thiago Pitbull
Peso meio-médio: Lyman Good x Belal Muhammad

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments