Ricardo Lamas se diz frustrado com cancelamento do UFC Filipinas

Lutador peso pena reclamou por ter “jogado fora” o treinamento realizado durante o camp e diz que espera lutar em breve

Lamas faria a luta principal do UFC Filipinas Foto: UFC

Lamas faria a luta principal do UFC Filipinas Foto: UFC

O UFC Filipinas, cancelado há 10 dias de sua realização, não desagradou apenas os fãs de Manila, cidade onde aconteceria o evento. O peso pena Ricardo Lamas, que faria a luta principal do show contra BJ Penn, não escondeu seu frustração ao saber que não lutaria mais no próximo dia 15. Para Lamas, são duas decepções: o “tempo perdido” na preparação e o salário que não será o mesmo.

Veja Também

UFC cancela evento nas Filipinas após lesão de BJ Penn
Política antidrogas forçou cancelamento do UFC Filipinas, diz site
BJ Penn se lesiona e está fora da luta principal do UFC Filipinas

“É horrível. Eu literalmente passei por um campo inteiro, eu já havia finalizado meu treinamento. A única coisa que faltava era cortar o peso. Eu já estava segurando o meu peso muito baixo, e ouvir isso é triste, especialmente com as férias chegando. Isso é o que eu faço para ganhar a vida. Eu quero dar a minha família um bom Natal este ano, e ter a luta cancelada depois de tanto trabalho, é desanimador. Mas eu tento não ficar pensando nessas coisas, eu sei UFC vai fazer tudo certo no final”, disse Lamas ao programa norte-americano ‘MMA Hour’.

Em um comunicado oficial divulgado pelo UFC, todos os lutadores que estavam escalados no card irão receber uma compensação pelo cancelamento da luta. Lamas, no entanto, diz que ele ainda tem que receber o mesmo valor que lucraria com a luta.

“Eles disseram que iam me compensar. Eu não sei os valores ou a quantia que vão me pagar. Eles também estão tentando marcar outra luta para mim. Sean Shelby (matchmaker do UFC) me disse que ele tem algumas propostas, então eu espero que ainda esta semana eu vou descobrir qual será meu próximo compromisso”.

“Se fosse por mim, eu ficaria feliz com o meu show e ganhar dinheiro, claro. Eu ficaria feliz apenas com o dinheiro, mas na verdade, eu vim para lutar. Eu trabalhei muito para isso e eu não queria um campo de treinamento inteiro jogado no lixo. Então, eu estou esperando que eles encontram um adversário para mim e me coloquem em algum card muito em breve”, concluiu o norte-americano.

Aos 34 anos, Ricardo Lamas vem de derrota por pontos para Max Holloway no UFC 199, em junho passado. No Ultimate, ele soma sete vitórias e três derrotas, e chegou a disputar o cinturão da categoria contra José Aldo, em 2014, mas perdeu na decisão unânime dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments