Anthony Johnson alerta Cormier: “Fique longe das minhas mãos”

Luta entre meio-pesados será o main event do UFC 206, dia 10 de dezembro, em Toronto, no Canadá

A. Johnson vai fazer a revanche contra D. Cormier no UFC 206. (Foto: Getty Images)

A. Johnson vai fazer a revanche contra D. Cormier no UFC 206. (Foto: Getty Images)

A tática para qualquer adversário que vá enfrentar Anthony Johnson é uma só: fugir do raio de ação do norte-americano, dono de um dos punches mais potentes do MMA. E é exatamente esse o ‘conselho’ que próprio lutador dá para o campeão Daniel Cormier, seu próximo adversário, quando tentará conquistar o cinturão do peso meio-pesado no UFC 206, evento que acontecerá dia 10 de dezembro, em Toronto, no Canadá.

Veja Também

Cormier e Johnson fazem revanche pelo título no UFC 206
Jones solta o verbo e detona Cormier e Johnson
UFC 202: Johnson aplica nocaute relâmpago e derruba Glover em 13 segundos

“Acho que ele é um homem de palavra, que vai manter a promessa de vir para a trocação comigo. Mas sei que ele é um wrestler. Vou fazê-lo usar seu wrestling contra mim, porque se eu acertá-lo com um golpe melhor que o que o derrubou na nossa primeira luta, ele terá uma boa noite de sono. Estou ansioso para ver o que Daniel pode fazer, e o que eu posso fazer com ele. Será muito interessante. Daniel é inteligente. Se conseguir ficar longe do alcance das minhas mãos e dos meus pés, ele sobreviverá. Nós falamos bastante. Ele é muito falastrão, eu não sou tanto, mas também falo se precisar. É divertido. Entre nós há muita amizade e respeito, mas no dia 10 eu terei que odiá-lo e terei que dar uma surra nele para tomar o que ele tem”, falou Johnson em entrevista ao site norte-americano ‘MMA Fighting’.

Essa será a segunda vez que Johnson e Cormier vão se enfrentar. Na primeira ocasião, em maio de 2015, no UFC 187, ‘DC’ finalizou Anthony no terceiro round e conquistou o cinturão da categoria, até então vago após Jon Jones ter problemas com a justiça e ser retirado do posto. Dessa vez, no entanto, Johnson garante que está mais preparado para o duelo.

Estou mais faminto do que na primeira vez em que nos enfrentamos, porque naquela vez houve uma troca de adversário na última hora. Essa troca me atrapalhou um pouco. Dessa vez só quero entrar lá e lutar. Não me preocupo com o rival, com a torcida ou com a badalação. Só quero lutar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments