Dana White diz que Cyborg recusou duas lutas pelo título pena

Campeã peso-pena do Invicta teria dito que não poderia bater o peso nas datas estipuladas

Cyborg teria recusado chance de lutar por cinturão do peso-pena (Foto: Getty Images)

Cyborg teria recusado chance de lutar por cinturão do peso-pena (Foto: Getty Images)

Cris Cyborg exigiu recentemente que o UFC inaugurasse o peso-pena feminino, ameaçando até não lutar mais pela organização. Pois Dana White revelou que a brasileira recusou duas lutas pelo título dos penas, o que significaria que o Ultimate iria abrir a categoria.

Veja Também

Dana White não acredita em duelo entre McGregor e Mayweather
Gadelha provoca ex-campeã do UFC, que rebate: “Essa luta vai acontecer”
Tony Ferguson desafia José Aldo pelo título dos penas

“Ofereci uma luta contra Holly Holm há um mês, pelo título dos penas. Cyborg teria oito semanas para se preparar, mas ela disse que não bateria o peso. Depois, ofereci outra luta pelo título, contra Germaine de Randamie, no UFC 208, e ela novamente recusou. Não sei o que se passou na cabeça dela”, comentou o presidente do Ultimate, ao podcast “UFC Unfiltered”.

Não se sabe se Cyborg já entraria na disputa do título do UFC como campeã defendendo seu cinturão, ou se ela disputaria um título vago. Dana White disse apenas que não crê que as recusas da brasileira têm a ver com o peso:

“Negociamos com Cyborg no peso-galo, depois no combinado e oferecemos a ela uma luta pelo título dos penas. E ela disse que não bateria o peso em oito semanas. Acho que essa recusa não tem a ver com o peso, mas vamos esperar.”

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments