Nocauteada em menos de um minuto, Ronda lucra mais de R$ 200 mil por segundo no UFC 207

Ex-campeã foi nocauteada por Amanda Nunes em apenas 48 segundos na luta principal do UFC 207, em Las Vegas (EUA)

Ronda recebeu cerca de R$ 9,8 milhões por luta no UFC 207. (Foto: Getty Images)

Ronda recebeu cerca de R$ 9,8 milhões por luta no UFC 207. (Foto: Getty Images)

Ronda Rousey não teve um bom desempenho em seu retorno ao octógono e acabou sendo nocauteada em apenas 48 segundos por Amanda Nunes na luta principal do UFC 207, em Las Vegas (EUA). No entanto, a ex-campeã tem pelo menos um motivo para comemorar: o salário

Veja Também

Amanda Nunes atropela Ronda Rousey em 48 segundos e faz história no UFC 207
Vídeo: Assista ao massacre de Amanda Nunes sobre Ronda Rousey no UFC 207

Apesar da derrota, a estrela norte-americana irá receber uma bolsa estimada em US$ 3 milhões (cerca de R$ 9,8 milhões) pelo combate, o que dá mais de R$ 200 mil por cada segundo de confronto contra a brasileira, que venceu em apenas 48 segundos. A informação dos valores foi revelada pela “ESPN” dos EUA.

Ronda é apenas a segunda lutadora do Ultimate a receber um salário de US$ 3 milhões. Em agosto deste ano, o irlandês Conor McGregor também havia recebido a mesma bolsa na revanche contra Nate Diaz, no UFC 202.

Amanda Nunes

Apesar da vitória avassaladora e da defesa do cinturão, o salário de Amanda Nunes no UFC 207 ficou bem abaixo da rival. A brasileira recebeu ‘apenas’ US$ 100 mil de bolsa pela apresentação mais US$ 100 mil de bônus pela vitoria, totalizando US$ 200 mil, cerca de R$ 650 mil na cotação atual.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments