Técnico diz que Jones aplicará cotoveladas ‘cruéis’ em Cormier

Mike Winkeljohn, treinador do ex-campeão dos meio-pesados, garantiu que seu pupilo está renovado para revanche com Cormier

Jones enfrenta Cormier em julho (Foto: Facebook/JonBonesJones)

Jones enfrenta Cormier em julho (Foto: Facebook/JonBonesJones)

Sem lutar desde abril de 2016, Jon Jones está renovado para voltar ao octógono. E quem garante isso é Mike Winkeljohn, treinador do ex-campeão dos meio-pesados. De acordo com Mike, ’Bones’ mostrará novas técnicas de cotoveladas na revanche contra Daniel Cormier, agendada para o UFC 214, dia 29 de julho, em Anaheim (EUA).

Veja Também

Cormier diz que Jones caiu no doping de propósito no UFC 200
Jon Jones crava: ‘Ninguém alcançou meu nível no UFC’

“Tudo está bem. Jones vem com um sorriso no rosto. Vou te dizer, Jon vem descobrindo novas maneiras de dar cotoveladas. Ele continua colocando bem perto do rosto dos lutadores e então para como um sorriso, e continua a o processo. Ele tem algumas coisas novas para Daniel que são ainda mais cruéis”, declarou o treinador no programa “The MMA Hour”.

Apesar do tempo inativo, Winkeljohn garante que seu pupilo está pronto para recuperar o cinturão em sua próxima luta. Para ele, o duelo contra Cormier é favorável para Jones.

“Acho incrível (Jones) lutar pelo cinturão. Não acho que ele tenha nenhuma necessidade de pegar outra luta antes de enfrentar Daniel Cormier. Por mais que eu respeite Daniel, acho que é uma boa luta para Jon, porque na primeira vez, Daniel não conseguiu derrubá-lo, Jon conseguiu derrubá-lo. Jon conseguiu bater nele em todo lugar, então acho que isso conta a nosso favor na luta”, concluiu.

Jones e Cormier se enfrentaram pela primeira vez no UFC 182, em janeiro de 2015. Na ocasião, ‘Bones’ frustrou as tentativas de queda do rival e foi superior na maior parte do combate, saindo vitorioso por decisão unânime dos juízes.

A revanche, no entanto, já foi cancelada em duas oportunidades. A primeira vez foi no  no UFC 197, por lesão de Cormier, e a segunda no UFC 200, por doping de Jon Jones. O combate se tornou um dos mais aguardados entre os fãs de MMA por toda a rixa entre os atletas, que chegaram às vias de fato em uma confusão histórica durante um evento promocional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments