Brasileira é retirada de evento do UFC por suspeita de doping

Amanda Ribas faria sua estreia no Ultimate contra a compatriota Juliana Lima no TUF 25 Finale, em Las Vegas

A. Ribas terá que esperar para estrear no UFC (Foto: Reprodução Facebook Amanda Ribas MMA)

A. Ribas terá que esperar para estrear no UFC (Foto: Reprodução Facebook Amanda Ribas MMA)

A brasileira Amanda Ribas mal foi contratada pelo UFC e já viu seu nome envolvido em uma polêmica. A peso palha foi obrigada a deixar a luta marcada com a compatriota Juliana Lima no TUF 25 Finale, no dia 7 de julho, por conta de uma suspeita de doping. A USADA, agência que cuida dos exames dos atletas do Ultimate, notificou a organização de que Amanda pode ter violado a política antidoping da companhia. Assim, o UFC optou por retirar a brasileira do duelo com Ju Thai.

Veja Também

Erick Silva irá apelar de derrota para Yancy Medeiros no UFC 212
Ex-campeão do UFC sofre grave acidente de carro nos EUA

O Ultimate divulgou a retirada de Amanda Ribas do evento em nota oficial que a amostra suspeita foi coletada em exame fora de competição, realizado no dia 7 de junho. O UFC justificou a saída de Ribas do duelo com Lima por conta da proximidade do evento e da falta de tempo para esclarecer se realmente houve uso de doping por parte da brasileira.

Nascida em Varginha (MG), Amanda Ribas tem seis vitórias e apenas uma derrota no seu cartel profissional de MMA. Ela vem de triunfo sobre Jennifer Gonzalez no Max Fight 18, disputado em maio do ano passado. A brasileira treina na American Top Team com as campeãs do UFC Joanna Jedrzejczyk e Amanda Nunes, além de outros nomes relevantes do Ultimate como Tecia Torres e Jessica Aguilar.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments