Mayra é ouro em Varsóvia | SUPER LUTAS

Mayra é ouro em Varsóvia

Com uma campanha impressionante, a brasileira Mayra Aguiar, de apenas 16 anos, conquistou o melhor resultado do Brasil na temporada 2008 de torneios europeus. Mayra, da categoria até 70kg, conquistou neste domingo a medalha de ouro na Copa do Mundo de Varsóvia, na Polônia. Mayra derrotou atletas do mais alto nível, como medalhistas olímpicos e do circuito europeu.

Mayra fez quatro lutas. Estreou contra Ewa Wiwatowska, da Polônia, com vitória por ippon. No segundo combate bateu a espanhola Cecilia Blanco, por ippon. Cecília Blanco conquistou neste ano a prata na Super Copa do Mundo de Paris e na Copa do Mundo de Budapeste e é a segunda colocada no ranking mundial da categoria. Em seguida, na semifinal, o feito mais impressionante. Mayra venceu por ippon a italiana Ylenia Scapin, que tem no currículo dois bronzes olímpicos, conquistados em Atlanta-1996 e Sydney-2000, além de três bronzes em mundiais e 11 medalhas de ouro em copas do mundo. Na decisão, venceu por yuko a chinesa Dou Shumei, bronze na Super Copa do Mundo de Hamburgo, realizada na semana passada.

Mayra, medalha de prata nos Pan do Rio de Janeiro-2007, destacou a sua evolução. “Eu sabia que um título como esse poderia acontecer na minha carreira, mas não tão breve. Estou muito feliz. Sinto que evoluí muito desde o ano passado, principalmente na parte tática. Os intercâmbios e treinos na Europa ajudaram muito a complementar o trabalho que faço diariamente na Sogipa”, diz ela, que faz parte do mesmo clube que os campeões mundiais João Derly e Tiago Camilo.

Também neste domingo competiram Edinanci Silva (-78kg), Priscila Marques (+78kg), Tiago Camilo (-81kg), Eduardo Santos (-90kg) e Walter Santos (+100kg). A equipe masculina competiu na Copa do Mundo de Praga, na Republica Tcheca. Destaque para Edinanci Silva, que terminou na quinta colocação e Eduardo Santos, que foi sétimo.

As copas do mundo de Praga e Varsóvia encerraram a fase de torneios do Brasil na Europa. Além do ouro de Mayra, Tiago Camilo e Leandro Guilheiro foram bronze na Super Copa do Mundo de Hamburgo e Sarah Menezes bronze na Copa do Mundo de Budapeste.

Pelo critério estabelecido pela Confederação Brasileira de Judô, será o titular em Pequim o atleta que tiver melhor desempenho nos torneios europeus, de forma a privilegiar aquele mais competitivo internacionalmente e que, dessa forma, esteja mais habilitado a trazer melhores resultados nas Olimpíadas. Este sistema misto de seleção (seletiva nacional e avaliação de resultados internacionais) é adotado pela CBJ desde 2006, no masculino, e desde 2007, no feminino. Os nomes dos 14 titulares nos Jogos Olímpicos serão anunciados antes do embarque da equipe para treinamento no Japão, dia 21 de março.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments