Antes da revanche, Cormier alfineta Jones: ‘Não sei se vai aparecer’

Campeão meio-pesado afirma não saber se arquirrival conseguirá chegar para lutar contra ele no UFC 214

D. Cormier se solidarizou com rival (Foto: Reprodução/Facebook Daniel Cormier)

D. Cormier voltou a provocar o rival (Foto: Reprodução/Facebook Daniel Cormier)

Após seguidos problemas que impediram a revanche entre Daniel Cormier e Jon Jones, o campeão meio-pesado vai ter a chance de se vingar do rival no UFC 214, marcado para o dia 29 de julho. DC, porém, diz não ter absoluta certa que Jones irá aparecer no octógono. Isso porque, da última vez que os dois iriam se enfrentar, o ex-campeão acabou sendo pego no antidoping dois dias antes do combate.

Veja Também

Comissão faz “pesagem” à distância um mês antes do UFC 214
Duelo entre Robbie Lawler e Donald Cerrone é remarcado para o UFC 214
Werdum analisa Overeem e aposta em Ngannou contra Cigano

Em entrevista ao programa The MMA Hour, Cormier alfinetou o passado do rival e admitiu que faz planos de contingência para o caso de Jones realmente ter outro problema parecido perto do combate.

“Eu tento ser positivo. Afinal de contas, a essa altura, qual o ponto em se estressar? Quero dizer, você acha que está tudo bem, mas na última vez aconteceu dois dias antes da luta. Então, não me sentirei completamente seguro até estarmos no octógono. As coisas podem acontecer a qualquer momento. Eu estarei lá, vamos esperar que o Jones também esteja”, declarou DC, admitindo, no entanto, que precisa da motivação que uma luta contra o inimigo lhe traz.

“Eu quero lutas que me deixam empolgado. Com o Anthony Johnson tinha aquela dúvida se ele poderia me acertar e meu nocautear… Isso é o que me deixa com vontade de lutar. Pensar se o Jones será capaz de fazer o que ele fez da última vez. Esse tipo de coisa que faz meu sangue circular. Se não, eu volto para a televisão”, relatou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments