Lutador investigado por manipulação de resultado é demitido do UFC

Tae Hyun Bang, que realizou cinco lutas no Ultimate, foi demitido após passar a ser investigado pela polícia da Coreia do Sul

Bang foi demitido do UFC (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

Bang foi demitido do UFC (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

Veja Também

Polícia investiga manipulação de resultado em UFC na Coreia do Sul
Cyborg provoca Holm: ‘Ela vai correr, mas eu vou achá-la’

Protagonista de um dos maios escândalos do MMA nos últimos anos, o lutador sul-coreano Tae Hyun Bang não faz mais parte do plantel de lutadores do UFC. Em abril deste ano, a polícia da Coreia do Sul passou a investigar a possibilidade de manipulação do resultado de uma luta entre Bang e Leo Kuntz, realizada em novembro de 2015.

Na ocasião, o asiático supostamente teria recebido cerca de US$ 88 mil (cerca de R$ 280 mil) para perder o combate, porém mudou de ideia antes do duelo e saiu vencedor do confronto. De acordo com o site ‘Tokoreaherald.com’, Tae Hyun já assumiu sua culpa para autoridades locais do país, e agora responde em liberdade enquanto aguarda a definição do caso.

Tae Hyun Bang, de 34 anos, somou três derrotas e duas vitórias no UFC. Ao todo, seu cartel tem 18 triunfos e dez reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments