Cormier admite não lembrar de nocaute sofrido para Jones

Ex-campeão disse que perdeu a memória dos primeiros minutos após perder o cinturão para o arquirrival

Cormier chorou após derrota para Jones (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Cormier chorou após derrota para Jones (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Ex-campeão meio-pesado do Ultimate, Daniel Cormier sofreu sua primeira derrota por nocaute para Jon Jones no UFC 214. Mas o norte-americano disse que não lembra o que aconteceu durante os golpes que sofreu do arquirrival e também perdeu a memória de alguns minutos depois da luta. Ele admitiu também não lembrar de alguns momentos do duelo.

Veja Também

Após vídeo polêmico, Malignaggi desafia McGregor para luta de boxe
Lutador de MMA amador morre após ser nocauteado nos Estados Unidos
Tony Ferguson e Kevin Lee disputam o cinturão interino dos leves no UFC 216, em outubro

Em entrevista ao programa The MMA Hour, Cormier declarou que não pretende ver a luta tão cedo, já que familiares, amigos e técnicos dizem que ela estava equilibrada antes do chute e ele não quer remoer o erro cometido antes do nocaute.

“Eu estou chutando como foi a luta, não lembro. Eu perguntei a pessoas próximas como estava a luta e eles disseram que estava equilibrada, então acho que isso fará mais mal do que bem a mim. Não quero me sentir desapontado de novo ao assistir ao combate. Não sei se estou pronto emocionalmente ainda para ver a luta, porque foi um erro tão simples e isso machuca. Não tenho problemas com Joe Rogan, comentarista, ou com o árbitro John McCarthy. Eles estavam fazendo seus trabalhos. Principalmente, em relação à entrevista com Rogan eu não lembro de nada, sinceramente. Não lembro de ter chorado, ou de ter deixado o octógono”, comentou Cormier, que ainda disse não ter raiva de Jon Jones ou de como a luta acabou.

“Eu sempre disse que o respeitava como competidor. Ele é um grande atleta. Espero mesmo que, agora que ele tem o cinturão de volta, que ele saiba lidar melhor com os holofotes. Desejo isso a ele”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments