Após conquistar cinturão na Russia, Maldonado quer desafiar campeão mundial de boxe

Fabio Maldonado, que se tornou campeão do FNG, quer voltar a lutar boxe e desafiar o campeão mundial Denis Lebedev

Maldonado quer voltar a lutar boxe (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Maldonado quer voltar a lutar boxe (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Após se sagrar campeão dos meio-pesados do evento russo Fight Nights Global, feito conquistado na última segunda-feira (04), em Kaspiysk, na República do Daguestão, Fábio Maldonado já traçou qual será seu próximo objetivo: enfrentar Denis Lebedev, russo de 38 anos e atual campeão mundial peso cruzador da Associação Mundial de Boxe (WBA, na sigla em inglês).

Veja Também

Vídeo: Maldonado finaliza e se sagra campeão de evento russo
Vídeo: Brasileiro ex-UFC abandona luta após ‘chuva’ de garrafas

“Eu não acredito que eu possa vencer o Lebedev; eu tenho muita convicção que posso vencer o Lebedev. Eu tenho uma grande motivação. Eu vejo luta do Denis Lebedev desde sete, oito anos atrás. Eu sempre quis essa luta, e se eu puder ter essa chance agora… A última coisa que eu penso é o dinheiro. Queria fazer a luta em primeiro (lugar). Quero fazer a luta e vencer o Denis Lebedev na Rússia, luta valendo o cinturão. Eu pesei 92,8kg, sem estar em jejum, já tinha comido 300g de fruta no café da manhã e nem tinha feito sauna no dia da pesagem. Tirei, bati 92,8kg um dia antes da pesagem. Então, para eu bater 90,7kg (valor limite do peso-cruzador no boxe), vai ser difícil, sofre um pouquinho, mas não vai ser aquela agonia. Vou dar o peso e lutar bem. E 36 minutos, acho que é a minha cara. Doze rounds, acho que vou poder mostrar o melhor Maldonado”, declarou o ‘Caipira de Aço’, em entrevista ao site do canal Combate.

Maldonado, embora seja conhecido por sua trajetória no UFC, também tem um vasto currículo na nobre arte. Ele já realizou 25 lutas profissionais de boxe, tendo um cartel com 100% de aproveitamento. Dos 25 triunfos, 24 foram por nocaute, o mais recente em abril deste ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments