Dana White descarta trilogia entre McGregor e Nate Diaz no UFC 219

Dana White, presidente do UFC, disse que não pensa em realizar a terceira luta entre McGregor e Nate Diaz

McGregor (dir) e Diaz (esq) se enfrentaram duas vezes (Foto:Reprodução/Facebook UFC)

McGregor (dir) e Diaz (esq) se enfrentaram duas vezes (Foto:Reprodução/Facebook UFC)

Dana White, presidente do UFC, tratou de esfriar os rumores que indicavam um possível terceiro duelo entre Conor McGregor e Nate Diaz. Após sites internacionais especularem que a trilogia entre os dois desafetos poderia acontecer dia 30 de dezembro, em Las Vegas, no UFC 219, o mandatário foi às redes sociais para negar o interesse em realizar o combate.

Veja Também

Wanderlei mira “superlutas” em retorno ao Bellator para ‘sair na mão’
Mayweather diz que ‘pegou leve’ para evitar ‘danos cerebrais’ em McGregor

“Definitivamente isso não é verdade”, respondeu o presidente a um fã que o questionou.

Nate e McGregor já se enfrentaram duas vezes, ambas na divisão dos meio-médios (até 77kg). Na primeira, em março de 2016, o norte-americano finalizou o rival no segundo round, após sofrer nos minutos iniciais. Cinco meses depois, melhor para o Notório, que venceu a revanche por decisão majoritária dos juízes. Na suposta trilogia, Perez garante que Diaz, caso esteja 100% preparado, não teria maiores problemas para derrotar novamente o irlandês.

A revanche contra McGregor, em agosto do ano passado, foi a última vez em que Diaz subiu no octógono. Aos 32 anos, Nate, que é campeão do TUF 5, 2007, já realizou 23 lutas na organização, somando 14 resultados positivos e nove negativos. Ele chegou a disputar o cinturão dos leves em 2012, mas foi derrotado pelo ex-campeão Ben Henderson.

Conor, por sua vez, ainda sequer colocou seu cinturão em jogo: ele não atua no UFC desde novembro de 2016, quando conquistou o título dos leves ao nocautear Eddie Alvarez no UFC 205. Na companhia desde 2013, são nove vitórias e apenas uma derrota na casa, incluindo o histórico nocaute de 13 segundos em José Aldo, que lhe rendeu o título dos penas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments