Edson Barboza aceita duelo contra Khabib: “Vamos ver o que ele faz”

Barboza revela que UFC o ofereceu luta contra Khabib para o dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA)

Barboza pode enfrentrar Khabib dia 30 de dezembro (Foto:Reprodução/CombatePlay)

Barboza pode enfrentrar Khabib dia 30 de dezembro (Foto:Reprodução/CombatePlay)

Edson Barboza ainda não tem data oficial para retornar ao octógono, mas, ao que tudo indica, seu próximo desafio deve ser o russo Khabib Nurmagomedov. Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o brasileiro revelou que foi oferecido um combate contra Khabib para o UFC 217, dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA), e, segundo ele, falta apenas o europeu aceitar o confronto.

Veja Também

Comentarista do UFC contesta motivação de José Aldo: “Ele ainda quer lutar?”
Lewis admite choro após deixar luta com Werdum: ‘Como um bebê’

“Ele me ofereceram essa luta e eu aceitei. Disse que estarei pronto para 30 de dezembro e agora depende dele. Vamos ver o que ele faz. Vi uma entrevista em que ele disse que lutaria comigo se o Conor McGregor for lutar com o Tony Ferguson. O Dana White já disse que essa luta vai acontecer, então, acredito que minha próxima luta será contra o Khabib”, declarou o carioca.

Invicto em 24 lutas profissionais, sendo oito no UFC, Nurmagomedov é considerado por muitos o melhor peso leve do mundo. O status do russo, no entanto, não assusta Barboza, que garante estar pronto para decretar a primeira derrota do cartel de Khabib.

“Eu me vejo vencendo, só isso. Eu me vejo ganhando todas as minhas lutas, e esta não é diferente. Eu realmente me vejo ganhando essa luta. Estou na melhor forma da minha vida, mais animado do que nunca. Estou apenas esperando um telefonema. Eu quero lutar contra o melhor, alguém mais perto de mim. Estou pronto. Você não tem ideia. Me sinto 100%, e estou pronto para uma grande guerra, como sempre. Toda vez que entro no octógono vocês vêem uma grande guerra, e a próxima vez não será diferente. Estou realmente pronto para uma guerra”, concluiu.

Edson Barboza vem de três importantes vitórias consecutivas, conseguindo decisões dominantes sobre o ex-campeão do UFC Anthony Pettis e Gilbert Melendez, além de um nocaute arrasador sobre Beneil Dariush, em sua última luta, no UFC Fortaleza. Número 3 do ranking dos leves, Edson não perde desde dezembro de 2015, quando foi finalizado por Tony Ferguson. Ao todo, são 17 lutas realizadas na companhia, com 13 resultados positivos e quatro negativos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments