St. Pierre provoca Bisping: ‘Está com medo que eu use meu wrestling’

GSP ironizou o rival Bisping, dizendo que o inglês está com medo de seu jogo para o UFC 217, dia 4 de novembro

GSP voltou a provocar o rival Bisping (Foto: Reprodução/Facebook UFCBrasil)

GSP voltou a provocar o rival Bisping (Foto: Reprodução/Facebook UFCBrasil)

O clima entre Georges St. Pierre e Michael Bisping é uma gangorra de emoções. Depois do canadense elogiar o atual campeão dos médios, ao ponto de afirmar que seria o maior desafio de sua carreira, GSP mudou o tom da prosa e voltou a provocar o rival. De maneira irônica, St. Pierre insinuou que Bisping está com medo que ele use seu  wrestling no dia 4 de novembro, em Nova York, quando se enfrentarão na luta principal do UFC 217.

Veja Também

St. Pierre diz que Bisping será o maior desafio da carreira: “O mais perigoso que já enfrentei”
Bisping revela ter espiões nos treinos de GSP: ‘Eles me dão informações’

“Ele está sempre tocando a mesma música. Ele está com medo que eu use meu wrestling. Aterrorizado. Em todas as entrevistas que ele dá, ele implora para que eu troque em pé. O que quero dizer é: se você não sabe chão, você não deveria estar no MMA e sim no kickboxing. Lutar no solo é parte do jogo, e ele está aterrorizado. Vou usar todas as minhas armas”, declarou em entrevista ao programa “The MMA Hour”.

St. Pierre não luta desde novembro de 2013, quando bateu Johny Hendricks. Após o triunfo, em uma apertada decisão dos juízes, anunciou seu afastamento por tempo indeterminado do MMA. Ele tem um cartel profissional de 25 vitórias e duas derrotas. No UFC, acumula 20 triunfos e dois reveses, com direito a nove defesas de cinturão na categoria dos meio-médios, o que o consagrou como o campeão mais dominante da história da divisão até 77kg.

Bisping, por sua vez, conquistou o cinturão da categoria dos médios ao nocautear Luke Rockhold no UFC 199, em junho de 2016. De lá para cá, atuou apenas uma vez, quando defendeu o título contra Dan Henderson no UFC 204, em outubro passado. Ao todo, são 20 resultados positivos e sete negativos na organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments