Técnico admite que St. Pierre pode se aposentar de vez

John Danaher revela que doença do ex-campeão médio e meio-médio tem frustrado o canadense

GSP pode não lutar mais (Foto: Reprodução Twitter ufc_europe)

Desde que desistiu do cinturão peso médio conquistado no UFC 217 de novembro do ano passado, Georges St. Pierre tem se mantido fora da mídia. O canadense está lidando com uma doença no estômago, que teria sido causada pelo ganho de peso do ex-campeão meio-médio para competir na categoria de cima. Porém, o técnico de jiu-jitsu de GSP, John Danaher, admitiu que seu pupilo pode se aposentar de vez.

Veja Também

UFC planeja luta entre Khabib e Ferguson pelo título linear em abril
Bisping recusa revanche com Vitor Belfort: ‘É um hipócrita’
Jones passa por detector de mentiras por inocência em doping

Em entrevista ao podcast de Joe Rogan, comentarista do UFC, Danaher atualizou o estado de saúde de St. Pierre, mas admitiu que não sabe se seu aluno irá retornar ao octógono.

“A verdade é que ninguém sabe se ele irá voltar a lutar porque tudo depende dos seus problemas médicos. Georges tem um problema no seu estômago. Não posso dizer que sou perito em medicina, mas é uma das coisas mais frustrantes com as quais Georges precisou lidar em sua vida. A verdade é que, neste momento, ninguém sabe… Sempre que há alguma dúvida, meu instinto é pensar da seguinte forma “Você quer mesmo voltar, Georges? Você fez muita coisa e o jeito como você fez seria um ótimo fim para sua carreira””, declarou Danaher, admitindo que, se seu pupilo voltar, deverá ser contra Tyron Woodley, atual campeão meio-médio.

“Essa luta nos interessa, absolutamente. Tyron é um grande campeão. Sei que ele é muito criticado, mas esse garoto é talentoso. Eu acho que ele é bom, muito bom. As pessoas falam que Georges não quer enfrentá-lo, mas vejo que são coisas para motivá-lo. Há razões políticas atrás disso”, apontou.

Notícias relacionadas