Cyborg diz ter aceitado superluta contra Amanda Nunes no UFC 226, em julho

Campeã peso pena diz ter aceitado enfrentar a compatriota no UFC 226, em Las Vegas, contrariando a expectativa do evento que gostaria da superluta no UFC Rio

Cyborg (esq.) e Amanda (dir.) devem fazer superluta no UFC. Foto: Reprodução / Instagram CrisCyborg

A superluta de campeãs brasileiras Amanda x Cris Cyborg deu um importante passo para se tornar realidade! O acerto para o duelo estava apenas na dependência do ‘sim’ da Cris, mas a campeã peso pena do UFC usou suas redes sociais para confirmar que aceita encarar a compatriota, dona do cinturão peso galo da franquia.

Veja Também

Amanda Nunes e Cyborg trocam mensagens em rede social: ‘É a luta que todos querem ver’, dispara a Leoa
Cyborg coloca condição para luta contra Amanda e promete: ‘vou te matar’

“Eu concordei em lutar contra @amanda_leoa 7 de julho em Las Vegas como parte de #UFC226 e #InternationalFightWeek. Agora estou aguardando que meu manager trabalhe com o @ufc em um acordo para que possamos fazer o #CyborgVNunes #TheSuperFight oficial”, escreveu Cyborg em sua conta no Instagram.

A ideia inicial do UFC seria promover a superluta no UFC 224, dia 26 de maio, no Rio de Janeiro. Mas, na última semana, Cyborg colocou a condição de encarar Amanda apenas se a disputa fosse realizada em um grande card, já que, segundo Cris, a rival não consegue vender pacotes de pay-per-view nos EUA. Já o UFC 226, no dia 7 de julho, é um dos maiores cards do Ultimate no ano, na semana da independência norte-americana (4 de julho).

“Posso lutar com a Amanda… Mas ela não vende pay-per-view, no máximo 100 mil (no UFC 215, quando enfrentou Shevchenko). Vencer ela não muda nada em nada minha carreira. Superluta? Ela não é o McGregor. Se for um grande evento, com grandes nomes, pode ser uma grande luta. ”, disparou Cyborg, em entrevista ao programa  ‘MMA Hour’. “Claro que ela quer essa luta. Ela lutou com a Ronda e a Ronda a fez três milhões. Ela lutou com a Miesha, no card do Brock Lesnar, e fez pay-per-view. Mas ela não vende por ela mesma”, completou.

Notícias relacionadas