Dana White revela que campeão Whittaker tem doença grave

Presidente do UFC disse que australiano está com infecção no estômago e não tem data para voltar

R. Whittaker está com infecção grave (Foto: Reprodução Facebook ufc)

Recém-coroado campeão peso médio do UFC após a desistência de Georges St. Pierre, Robert Whittaker foi retirado de sua primeira defesa de cinturão, que ocorreria no UFC 221 contra Luke Rockhold, por uma razão séria. Segundo revelou o presidente do Ultimate, Dana White, o australiano sofre com uma infecção no estômago que, por não ter sido tratada corretamente, o deixou em situação descrita como “grave”.

Veja Também

Dana White mira superluta entre campeões Miocic e Cormier
Após novo doping, Anderson Silva garante que nunca usou esteroides
Após UFC 220, Miocic diz que é o melhor pesado da história do Ultimate

Em entrevista ao canal “TSN”, Dana descreveu em detalhes assustadores o problema de Whittaker, cuja infecção começou a “comer parte de seus órgãos”.

“Ele teve uma infecção de estafilococo no estômago. Pelo que eu sei, não foi tratada adequadamente e começou a comer parte dos órgãos dele. Ele está em uma situação muito grave. Levará um tempo para que ele possa voltar, eu acho. Tomara que se resolva rápido, mas essas coisas são uma ameaça à vida se não forem tratadas adequadamente”, comentou o dirigente.

Com a saída de Whittaker do UFC 221, Rockhold agora enfrentará o cubano Yoel Romero. Pela doença do campeão linear ser grave, o duelo entre Rockhold e Romero valerá pelo cinturão interino, para que a divisão possa seguir na ausência do australiano.

Notícias relacionadas