Após UFC 220, Miocic diz que é o melhor pesado da história do Ultimate

Croata-americano bateu recorde de defesas de cinturão com vitória sobre camaronês Ngannou

S. Miocic (foto) se exaltou (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

O triunfo de Stipe Miocic sobre Francis Ngannou, na luta principal do UFC 220 do último sábado (20), colocou o croata-americano no topo da lista de campeões do peso pesado com mais defesas de cinturão. Por ter defendido o título três vezes, superando Randy Couture, Tim Sylvia e Cain Velasquez, o atual campeão declarou que é o maior peso pesado da história do UFC.

Veja Também

UFC 220: Miocic supera Ngannou e faz história; Cormier mantém título
Vídeo: Assista os melhores momentos de Stipe Miocic x Francis Ngannou
Dana White mira superluta entre campeões Miocic e Cormier

Após o duelo com Ngannou, Miocic foi perguntado se agora se achava o melhor de todos os tempos, e respondeu de forma enfática.

“P****! Sim, eu sou. Ninguém defendeu o cinturão três vezes. Eu fiz isso e tive uma sequência de assassinos para chegar lá. Eu tive um caminho difícil para chegar ao título e um caminho difícil para defendê-lo. Tive que lutar com Andrei Arlovski, então tive que lutar com Fabrício Werdum no Brasil diante de 45 mil pessoas. Coisa de maluco. Então Alistair Overeem, um assassino campeão do K-1, que bate como toneladas de tijolos. Em seguida, Junior ‘Cigano’, de quem eu perdi antes. Agora peguei um cara que é um fenômeno. Nunca nada foi fácil. Sei que lutar não é fácil, mas nunca tive um caminho simples. Tudo foi difícil”, exaltou Miocic.

Com a vitória sobre o camaronês, o campeão chegou a 12 vitórias no UFC, com apenas duas derrotas, para Stefan Struve (único revés sofrido por nocaute) e Junior Cigano (esta última vingada no UFC 211 do ano passado).

Notícias relacionadas