Glyan Alves e Lara Procópio vencem e são os novos campeões do Shooto Brasil

Edição deste sábado coroou os dois lutadores como novos campeões; Glyan bateu Pedro Falcão após interrupção médica e Lara venceu Mariana Morais por decisão unânime

Glyan Alves fatura cinturão do Shooto Brasil

O Shooto Brasil coroou dois novos campeões neste final de semana. A edição de número 81 do show foi marcada por grandes duelos e o ápice do evento para Glyan Alves e Lara Procópio. Na luta principal da noite Glyan bateu Pedro Falcão por nocaute técnico após uma lesão no ombro do rondoniense forçar o árbitro a encerrar o duelo e se consagrou como o primeiro campeão dos super-galos (até 63,5 kg.). Na segunda luta mais importante, Lara bateu ​​Mariana Morais por unanimidade e faturou o título dos galos (até 61kg) feminino.

Veja Também

José Aldo revela que irá enfrentar Jeremy Stephens no UFC Cingapura

A luta principal da noite entre Pedro Falcão e Glyan Alves não terminou da forma como todos esperavam. Depois de um início equilibrado, Pedro sofreu uma lesão no ombro direito após uma queda que forçou o juiz a interromper o combate e gerar um anti-clímax na Upper Arena. Apesar do final inesperado, Glyan Alves foi coroado o primeiro campeão dos super-galos do Shooto Brasil com a vitória por nocaute técnico.

Com o título peso-galo em jogo, o co-main event da noite entre Mariana Morais e Lara Procópio começou eletrizante. Depois de quase finalizar Morais com uma justa chave de braço com alguns segundos de luta, Lara dominou todo o primeiro round com um jogo de chão muito afiado. Nos dois assaltos seguintes o equilíbrio imperou e as duas alternaram bons momentos, sempre na luta de solo. No final prevaleceu o domínio inicial e Lara Procópio se sagrou a nova campeã dos galos do Shooto Brasil.

Finalização relâmpago e vitória de promessa são destaques

A posto de vitoria mais rapida do Shooto Brasil 81 ficou com Jorjão Rodrigues. O experiente potiguar, lider da consagrada equipe Kimura, bateu Benito Tavares por finalizacao com apenas 36 segundos de combate. Outro que fez bonito foi Guilherme Doin. Considerado uma das grandes promessas da nova geração da equipe Nova União e com um jogo de muay Thai afiado ele bateu o experiente Paulo Zé Doido por nocaute no segundo round.

O evento ainda marcou o retorno de Gláucio Salvamar após uma grave lesão no braço esquerdo. E ele voltou em grande estilo ao dominar e derrotar Victor Romero por decisão unânime. Um dos pontos mais altos da noite foi a vitória de Pedro de Souza, da lendária equipe Brazilian Top Team. Muito empurrado pelo público, ele nocauteou Adriano Sargento com um sequência espetacular de socos no assalto final. Outro a sair vencedor foi Leonardo Cabeção, que bateu Cemey Meiota por finalização ainda no primeiro round.

Os destaques das lutas iniciais do Shooto Brasil 81 foram Macksuel Baiano, que não precisou de mais de dois minutos para finalizar Thiago Dela Coleta. Outro a brilhar foi Wallace Lopes ao achar um belo triângulo de mão no segundo round para bater Lucas Cardoso. Já Diney Souza protagonizou uma grande batalha diante de Michel Costa e venceu por decisão dividida.

Shooto Brasil 81 – Resultados oficiais

Glyan Alves venceu Pedro Falcão por nocaute técnico (interrupção médica) a 1 min e 19 seg do primeiro round

Lara Procópio venceu Mariana Morais por decisão unânime

Jorjão Rodrigues finalizou Benito Tavares com uma kimura aos 36 segundos do primeiro round

Guilherme Doin finalizou Paulo Zé Doido com um mata-leão aos 2 min e 11 seg do segundo round

Leonardo Cabeção finalizou Cemey Meiota aos 3 min e 57 seg do primeiro round

Gláucio Eliziário venceu Victor Romero por decisão unânime

Pedro de Souza venceu Adriano Sargento por nocaute técnico aos 2 min e 28 seg do terceiro round

Macksuel Baiano finalizou Thiago Dela Coleta com um mata-leão aos 3 min e 17 seg do primeiro round

Diney Souza venceu Michel Costa por decisão dividida

Wallace Lopes finalizou Lucas Cardoso com um triângulo de mão a 1 min e 28seg do segundo round

Notícias relacionadas