Fabrício Werdum agradece apoio dos fãs após derrota: ‘Triste, porém com a cabeça erguida’

Abalado com a derrota diante de Alexander Volkov no UFC Londres, brasileiro envia mensagem de agradecimento aos fãs pela torcida

Werdum agradece apoio no UFC Londres (Foto:Reprodução/Twitter UFCBrasil)

A escalada de Fabrício Werdum rumo ao topo do cinturão dos pesados parou no último sábado (17), na luta principal do UFC Londres. Diante do russo Alexander Volkov, o brasileiro sentiu o ritmo da luta e acabou nocauteado no quarto round. Apesar do revés, que afasta consideravelmente a possibilidade do lutador voltar a disputar o título da categoria, o gaúcho garantiu possuir determinação para continuar sua caminhada no Ultimate.

Veja Também

UFC Londres: Werdum para em ‘gigante russo’ e fica longe de cinturão
Vídeo: Assista o nocaute sofrido por Fabrício Werdum no UFC Londres
Algoz de Werdum fatura bônus de ‘Perfomance da Noite’ no UFC Londres
José Aldo revela que irá enfrentar Jeremy Stephens no UFC Cingapura

Através de uma postagem no Instagram, Werdum agradeceu o apoio recebido dos fãs e prometeu que irá ‘se levantar deste tompo’.

“Gostaria de agradecer a todos que torceram por mim, que me mandaram mensagens de apoio e que estão ao meu lado neste momento difícil que é uma derrota. Estou triste porém mantenho minha cabeça erguida com a certeza que a vida é feita e erros e acertos e que o mais importante desta trajetória é como a gente se levanta de um tombo. Eu tenho a sorte de ter a felicidade e a determinação no meu coração e ser rodeado de pessoas que me respeitam e que me dão a energia que eu preciso para continuar minha trajetória de sucesso. Obrigado pelo apoio e saiba que cada um de vocês é muito importante para mim”, escreveu Werdum.

Gostaria de agradecer a todos que torceram por mim, que me mandaram mensagens de apoio e que estão ao meu lado neste momento difícil que é uma derrota. Estou triste porém mantenho minha cabeça erguida com a certeza que a vida é feita e erros e acertos e que o mais importante desta trajetória é como a gente se levanta de um tombo. Eu tenho a sorte de ter a felicidade e a determinação no meu coração e ser rodeado de pessoas que me respeitam e que me dão a energia que eu preciso para continuar minha trajetória de sucesso. Obrigado pelo apoio e saiba que cada um de vocês é muito importante para mim! ➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖ I would like to thank everyone who cheered for me, who sent me messages of support and who are by my side in this difficult moment which is a defeat. I am sad but I keep my head up with the certainty that life is made and mistakes and correct and that the most important of this trajectory is how we rise from a fall. I am fortunate to have happiness and determination in my heart and to be surrounded by people who respect me and who give me the energy that I need to continue my path of success. Thanks for the support and know that each one of you is very important to me!

Uma publicação compartilhada por Fabricio Werdum 🥇 (@werdum) em

Fabrício Werdum, de 40 anos, ocupava a terceira posição no ranking dos pesados do UFC e estava prestes a disputar o cinturão da categoria, caso vencesse Alexander Volkov. O brasileiro até começou bem o combate e dominou os dois primeiros rounds, mas a diferença de idade – o russo é 11 mais jovem – e a sequência de três lutas em cinco meses pesaram contra o gaúcho. Ele perdeu ritmo na segunda metade da disputa e acabou nocauteado no quarto round.

Notícias relacionadas