Lee se coloca a frente de rivais pela chance do cinturão e crava: ‘Khabib não pode me superar’

Após derrotar Edson Barboza no UFC Atlantic City, norte-americano que ocupa a 6ª posição entre os leves quer furar a fila pelo título de Khabib Nurmagomedov

Lee quer furar a fila pelo cinturão dos leves. Foto: Reprodução / Facebook / UFC

Confiança é a palavra que resume o momento de Kevin Lee. Depois de dominar Edson Barboza no UFC Atlantic City, evento realizado no último sábado (21), o sexto colocado no ranking dos leves tem planos ambiciosos para sua carreira. Ele quer, literalmente, furar a fila e disputar o cinturão da categoria contra o russo Khabib Nurmagomedov.

Veja Também

Kevin Lee sobrevive a chute de Edson Barboza, abusa das quedas e vence brasileiro no UFC Atlantic City
Vídeo: Assista à vitória de Kevin Lee sobre Edson Barboza
Vídeo: Lutador sobrevive a estrangulamento por um minuto, mas apaga após fim da luta

Para Lee, os cinco atletas que estão a sua frente na classificação tem problemas fora do octógono ou não são grandes desafios para Nurmagomedov. Por este motivo, o norte-americano acredita que merece ser o primeiro desafiante do russo.

“Eddie estava gordo demais para aceitar uma luta menos de um mês atrás (no UFC 223). Quando você diz algo assim e faz isso, sua oportunidade passa. O cara já teve sua chance, e ele perdeu, e perdeu de forma vergonhosa. É assim que é. Ele estava muito gordo há pouco tempo. Se ele quiser apanhar, pode vir. Dustin (Poirier), se os caras quiserem ver, eles verão, mas não acho que ele gere tantas dúvidas que precisem ser respondidas”, disse Lee em conversa com a imprensa, após o UFC Atlantic City. Em seguida, o lutador respondeu porque ele deveria encarar Khabib.

“Acho que eu trago um estilo completo, e posso gerar muitas dúvidas que as pessoas querem ver as respostas, especialmente contra pessoas como Khabib. Ele não pode me vencer no wrestling, ele não pode me superar na vontade, ele não pode me superar em pé. Então vamos ver qual é a melhor luta e o que o UFC realmente quer, porque é isso que realmente importa”, completou.

Kevin Lee tem um histórico profissional de 17 vitórias e três derrotas. O norte-americano já teve a chance de disputar o cinturão interino dos leves. No UFC 216, em outubro de 2017, ele acabou finalizado com um triângulo por Tony Ferguson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário