Anderson Silva afirma que luta com Georges St-Pierre ‘pode acontecer’

Uma superluta já foi cogitada entre os campeões no passado. Hoje, o brasileiro acredita que o canadense é um adversário interessante para seu retorno

A. Silva (foto) pode retornar o octógono do Ultimate em novembro, dois anos após luta contra K. Gastelum. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Livre para competir novamente no Ultimate em novembro, Anderson Silva quer voltar ‘o mais rápido possível’ para o octógono. Depois de 12 meses fora do UFC, o brasileiro já está pensando em seu próximo adversário. Em entrevista para o site “MMAFighting”, ‘Spider’ afirma que luta com o ex-campeão meio-médio do UFC, Georges St-Pierre ‘pode acontecer’.

“Tudo é possível no UFC, cara. É uma empresa muito eclética, com uma visão ampla do esporte. Eles estão passando por um novo momento, um momento de entretenimento, então tudo pode acontecer”, afirmou Anderson.

Veja Também

Anderson Silva é suspenso por 12 meses e pode voltar a lutar já em novembro
Fora do octógono, Anderson Silva dá aula para ator Jason Momoa e grava filme

Uma superluta entre os atletas já foi cogitado quando ambos dominaram suas respectivas divisões (meio-médio e médio) no UFC, mas nunca saiu do papel.

Em novembro do ano passado, St-Pierre retornou de sua aposentadoria e deixou a divisão dos meio-médios para enfrentar Michael Bisping pelo cinturão dos médios. GSP saiu vitorioso no UFC 217 e garantiu títulos em duas categorias de peso diferentes. Por problemas de saúde pelo ganho de peso para bater a categoria até 83,9 kg e deixou o cinturão que ficou com Robert Whitttaker.

“Acho que ele teve uma boa estratégia, fez uma boa luta com o Bisping. Ambos são grandes lutadores. Se não lutarmos, é porque realmente não deveria ter acontecido”, garantiu Silva.

Silva recebeu uma suspensão de um ano, retroativa a novembro de 2017, após a USADA descobriu uma falha no teste de drogas foi o resultado de um suplemento contaminado. Ele estava cumprindo uma punição de quatro anos desde que este foi seu segundo teste de drogas fracassado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário