Dados divulgados por hackers não eram de Dana White

Na última semana, hackers invadiram o site oficial do UFC e, depois de um confronto com Dana White no Twitter, disponibilizaram dados pessoais do presidente do UFC na internet. Informações como números de telefone, registro no Seguro Social, endereço e registro de carros vazaram como sendo de propriedade de White. O conflito se deu pelo apoio do UFC às legislações antipirataria SOPA, PIPA e ACTA.

Porém, o tiro dos hackers saiu pela culatra. Os dados rastreados e publicados não eram do presidente do UFC, mas de homônimos e pessoas com dados cruzados parecidos. Moradora de Las Vegas, Julie Breeler teve seu número de telefone divulgado como sendo de White e foi bastante importunada nos últimos dias: “Ligaram para mim querendo entrevistas, para mandar currículos, ameaçando minha vida e até mesmo apenas para bater papo. Todo tipo de coisa. Eu não sabia se deveria ficar com medo ou irritada”, disse Breeler ao FOX 5 News.

VEJA TAMBÉM
Palpites abertos para o Bolão Premiado do UFC 143
– Anderson promete honrar o Brasil contra Sonnen
– Sonnen: “Deixa o covarde se esconder no Brasil”

Sabendo do incômodo causado, Dana White foi pessoalmente se desculpar com Breeler. Quando ela ouviu baterem na sua porta, levou um susto:

“Peguei minha arma antes de abrir a porta. Abri a porta e disse: ‘Sim?’ Ele disse: ‘Julie Breeler?’ Quando eu confirmei, ele falou ‘Oi, eu sou Dana White!'”

Breeler disse ao FOX 5 News que ela e Dana tiveram uma rápida e prazerosa conversa e que ela estava ansiosa para deixar para trás o problema de confusão de identidade. When perguntou como alguém poderia confundir os nomes Julie Breeler e Dana White. A moça informou que a proprietária anterior da casa se chamava Dana e tinha um gato branco.

Veja abaixo o presidente do UFC esclarecendo da história:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments