Sheik do Bahrein enfrenta fã com síndrome de Down antes do Brave 18

Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa, que é dono do evento, irá enfrentar o fã Mohammed Buhaza

Buhaz pode enfrentar ídolo antes do Brave 18. Foto: Reprodução / Facebook ufc

O Brave 18 acontece apenas na próxima sexta-feira (16). Porém, a companhia preparou uma semana inteira de celebração aos esportes de combate, com a International Combat Week. E, neste domingo (11), a segunda edição da ICW começará de forma muito especial. Patrono do Brave CF, Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa aceitou um grande desafio para a abertura da ICW: ele enfrentará em uma exibição Mohammed Buhaza, portador da síndrome de Down e atleta da KHK MMA, academia fundada pelo próprio Sheikh Khalid.

Veja Também

McGregor ganha estátua de cera no museu Madame Tussauds
Com nocaute no UFC 230, Jacaré sobe para terceiro lugar no ranking dos médios

Buhaza, de 19 anos, é apaixonado por MMA e tem sido uma fonte de inspiração para os atletas da KHK MMA, desde que passou a ter aulas com alguns dos principais nomes do Brave, como o peso leve Eldar Eldarov, head coach da academia barenita. Ao saber que Sheikh Khalid já havia feito lutas no MMA amador, Mohammed fez questão de pedir um “combate”.

O desafio foi aceito e a “luta” acontecerá na cerimônia de abertura da International Combat Week, quando dignitários de toda a região estarão presentes para o início das festividades, que também marcam o começo do mundial de MMA amador organizado em conjunto com a IMMAF (Federação Internacional de MMA).

A sessão de sparring faz parte dos esforços criados pela KHK Heroes, iniciativa global que busca auxiliar a população carente e com necessidades especiais através do esporte e que será lançada oficialmente também na International Combat Week.

“KHK Heroes é uma iniciativa que busca cimentar nosso compromisso com a sociedade. Comprometimento e compaixão são as grandes marcas do sucesso de qualquer projeto. Queremos, com a KHK Heroes, transformar a vida da sociedade jovem e desprivilegiada no Reinado do Bahrein e além. Essa iniciativa de Sua Alteza trará à luz as histórias dessa parcela da sociedade que tem sido ignorada, e esperamos auxiliá-los para que alcancem seus sonhos”, comentou o presidente do Brave, Mohammed Shahid.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário