Rampage diz que próxima luta será a última no UFC e ataca a organização

Rampage entra para o duelo contra Ryan Bader no UFC 144, no Japão

Vindo de duas derrotas consecutivas e com a carreira de ator decolando, Quinton Jackson informou que sua próxima luta deverá ser a última pelo UFC. Em sua conta no Twitter, Rampage disse que enfrenta qualquer um que colocarem à sua frente, mas que tem outros planos em mente.

 

Vendo a reação dos fãs na rede social, que o pediam para não se aposentar, Rampage explicou que sua ideia não é pendurar as luvas, mas sim deixar o UFC, deixando claro que não está contente com a remuneração na maior organização de MMA do mundo.

 

A informação causou ainda mais espanto. Questionado sobre os motivos que o fizeram pensar em lutar por outra organização, Rampage disse que não precisa “deles (do UFC) ou de qualquer outra pessoa que trate de forma negativa” a sua carreira.

 

A reação pode estar sendo provocada por um período de renegociação de contrato com o UFC. Rampage deixou esta hipótese no ar ao reforçar para um fã que não está pensando em deixar o MMA, apenas o UFC. Em seguida, o ex-campeão dos meio-pesados disse que “muitas coisas vêm acontecendo” e que ele estaria apenas “tentando permanecer positivo”.

 

 

Há dois anos, Rampage deu uma pausa em sua carreira de lutador profissional para enfatizar outra profissão. Depois de fazer pontas em algumas produções cinematográficas, Jackson teve papel de destaque no filme “Esquadrão Classe A”, em 2010, interpretando o papel de Bosco “B.A.” Baracus. Desde então, o ídolo tem dado diversas declarações sobre trocar a profissão de lutador pela de ator. Ele está no elenco de “Fire with Fire” (onde contracena com os astros Bruce Willis e o rapper 50 Cent) e “Duel of Legends” (em pós-produção).

Fotos: Josh Hedges/Zuffa LLC

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments