Anderson Silva pede luta contra Nick Diaz no UFC 237, em Curitiba

Após a boa atuação diante de Israel Adesanya, Anderson Silva pediu a revanche contra Nick Diaz no UFC 237, em Curitiba

A. Silva quer lutar na cidade que cresceu e tornou-se lutador. Foto: Reprodução/Youtube ufc

Anderson Silva ficou dois anos afastado do octógono e a boa atuação diante de Israel Adesanya,, na noite deste sábado (09), na luta principal do UFC 234, parece ter revivido no brasileiro o desejo de competir. Na entrevista coletiva após o show, o Spider já mira em seu próximo compromisso.

Veja Também

Anderson Silva faz grande luta, perde para Israel Adesanya no UFC 234, mas é ovacionado pela torcida
VÍDEO: Assista os melhores momentos de Anderson Silva x Israel Adesanya no UFC 234
McGregor exalta performance de Anderson e fala sobre possível confronto: ‘Seria uma honra’
Presidente do UFC projeta futuro de Anderson Silva: trilogia contra Chris Weidman

Anderson quer competir ainda no primeiro semestre de 2019. Ele pediu para encarar Nick Diaz no UFC 237, previsto para o dia 11 de maio, em Curitiba – cidade que ele foi criado.

Anderson e Diaz se enfrentaram no UFC 183, em 2015, e o brasileiro venceu o combate na decisão dos juízes. Entretanto, o resultado oficial foi alterado para ‘No Contest’ (sem vencedor) após ambos os atletas serem flagrados no exame antidoping.

“Nossa última luta foi um ‘No Contest’. Falei com o empresário dele (Nick) meses atrás sobre essa luta e ele disse: ‘Ok, vamos falar com o Dana’. Vamos ver, vou esperar o Dana”, disse Anderson.

Antes de encerrar sua carreira no MMA, o ‘Spider’ quer lutar na cidade onde cresceu e se tornou lutador. O ex-campeão dos médios tentou participar do UFC 198. realizado em 2016, mas uma lesão o retirou do evento.

“Quando tentei lutar em Curitiba, tive problemas e precisei de cirurgia e saí do card. Agora tenho a chance de lutar na minha cidade, onde tudo começou. Conversei com Ed (Soares, empresário) e meu time. Acho que faz sentido eu e o Nick Diaz lutarmos em Curitiba”, concluiu Silva.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário