Tyron Woodley quer ser o melhor meio-médios de todos os tempos

Campeão dos meio-médios desde 2016,'The Chosen One' fará a quinta defesa do cinturão contra Usman no UFC 235 e deseja superar o legado de Georges St-Pierre no MMA

T. Woodley fará a quinta defesa de título no UFC 235. Foto: Reprodução/Instagram @twooodley

Tyron Woodley vai fazer sua quinta defesa do cinturão dos meio-médios contra Kamaru Usman no evento co-principal do UFC 235. Campeão dos desde 2016, ‘The Chosen One’ planeja superar o legado de Georges St-Pierre na categoria. Em entrevista ao site do canal Combate, o norte-americano revelou o desejo de se tornar o ‘melhor meio-médios de todos os tempos’.

Veja Também

Tyron Woodley defende cinturão dos meio-médios contra Kamaru Usman no UFC 235
Comissão Atlética de Nevada define árbitros das lutas principais do UFC 235

“Quero ser o melhor da categoria de todos os tempos. Hoje, GSP é o melhor desse peso em todos os tempos, pelo número de vezes em que ele defendeu esse cinturão. Mas estou batendo em lutadores que estão em melhores condições do que os adversários dele. Estou no topo em uma versão melhor do UFC, comparado ao que era há 15 anos”, confessou Woodley.

Mesmo pensando em seu legado no MMA, o campeão dos meio-pesados está focado em seu combate com Usman. O nigeriano está invicto na organização com nove vitórias nas nove lutas disputadas. Entretanto, ‘The Chosen One’ assegurou que Kamaru nunca enfrentou um lutador que puxa o ritmo da luta e isso será difícil pra ele.

“Ele (Usman) está falando com um estilo tranquilo, para parecer que não está nervoso, mas ele está nervoso, sei disso. Essa é a primeira luta dele contra um cara grande, e contra alguém que está nisso há muito tempo. Vai ser a primeira vez que ele lutará contra alguém mais forte do que ele, que vai puxar mais o ritmo na luta. É uma situação dura pra ele. Simplesmente acho que sou melhor”, concluiu Tyron.

‘The Chosen One’ é o campeão dos meio-médios desde 2016, quando nocauteou Robbie Lawler no UFC 201. Desde então foram quatro defesas de título bem sucedidas. Em seu último compromisso, ‘Chose One’ finalizou Darren Till em setembro de 2018 no UFC 228. O lutador soma 23 combates na carreira com 19 triunfos, três reveses e um empate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário