Comissão Atlética nega apelação de Cyborg e brasileira fica suspensa até dezembro

A brasileira Cris Cyborg bem que tentou, mas não conseguiu reduzir a suspensão aplicada pela Comissão Atlética da Califórnia por ter sido flagrada no exame antidoping de sua luta em dezembro de 2011.

No julgamento de apelação, realizado na noite desta segunda-feira (9), a Comissão não aceitou as justificativas da lutadora e manteve a suspensão até dezembro deste ano.

Cyborg foi pega no exame realizado na vitória contra Hiroko Yamanaka, quando  defendeu seu cinturão do Strikeforce. Os testes apontaram o esteroide stanozolol em seu organismo.

A brasileira alegou que tomou sem saber o anabolizante e culpou um membro de sua equipe por lhe dar a substância proibida.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments