Paulão salva pátria brazuca no Dream

Terminou há pouco em Saitama, no Japão, a décima edição do Dream, e o evento não foi nada bom para os brasileiros. André Galvão, disputando o GP dos meio-médios acabou superado nas semifinais por Jason High. Nas super lutas, André Dida foi nocauteado pelo japonês Katsunori Kikuno e Vitor “Shaolin” Ribeiro foi derrotado por Shinya Aoki na decisão dos árbitros. A única vitoria brazuca no show ficou para Paulo Filho, que finalizou Melvin Manhoef com um arm-lock no primeiro round. Já o cinturão do GP até 77kg ficou para Marius Zaromskis que, após passar por Hayato Sakurais, nocauteou o algoz de Galvão e ficou com o titulo.

André Galvão vs. Jason High
Realizando sua quarta luta no MMA, André Galvão conheceu sua primeira derrota na carreira. O brasileiro foi melhor no primeiro round quando ganhou as costas do adversário, mas não conseguiu finalizar o combate, porém, no segundo assalto, High impôs sua melhor trocação e acabou vencendo na decisão dividida dos juízes.

André Dida vs. Katsunori Kikuno
Afastado das competições de MMA desde março de 2008, André Dida foi surpreendido no combate contra Katsunori Kikuno. Com um inicio estudado, o japonês conseguiu derrubar o brasileiro com pouco mais de três minutos de luta e logo conseguiu a montada, na tentativa de se defender, Dida ofereceu as costas, mas foi castigado no ground and pound até a interrupção do arbitro.

Paulo Filho vs. Melvin Manhoef
Em um combate emocionante, Paulo Filho retornou aos ringues japoneses após dois anos e meio. Com um inicio eletrizante Manhoef partiu pra cima do brasileiro, desferindo vários golpes contra Paulão que acabou indo a knockdown e sendo duramente castigado no ground and pound. No reinicio da luta em pé, Paulão conseguiu a queda e, rapidamente, pegou o braço do holandês e finalizar com um arm-lock.

Vitor Shaolin Ribeiro vs. Shynia Aoki
Num dos combates mais esperados da noite, dois especialistas no jogo de chão passaram a maior parte do combate em pé. Usando a maior envergadura, Aoki desferia bons chutes no plexo de Shaolin que tentava a queda. Apenas na metade final do segundo round, o brasileiro conseguiu levar o combate para o chão onde trabalhou bem no ground and pound e defendeu sem dificuldades a guarda ofensiva do japonês. No final do combate, os dois lutadores saíram comemorando, mas os árbitros decidiram pela vitoria de Aoki. Confira os resultados completos:

GP dos meio-médios
Marius Zaromskis derrotou Hayato “Mach” Sakurai por nocaute no R1;
Jason High derrotou André Galvão na decisão dividida dos juízes;
Tarec Saffiedine venceu Seichi Ikemoto na decisão unânime dos juízes;
(luta reserva do GP)

Super Lutas
Katsunori Kinuno derrotou André Dida por nocaute técnico no R1;
Paulo Filho derrotou Melvin Manhoef com um arm-lock no R1;
Jesse Taylor derrotou Dong Sik Yoon por nocaute técnico no R1;
Shinya Aoki derrotou Vitor Shaolin Ribeiro na decisão unânime dos juízes;

Final do GP
Marius Zaromskis derrotou Jason High por nocaute no R1;

Deixe seu comentário