Sergio Moraes e Edilberto Crocotá finalizam no Jungle Fight 18

Sergio Moraes - Foto: Alexandre Costa

Terminou há pouco, no Ginásio do Pacaembu, em São Paulo, o Jungle Fight 18. Entre as lutas do show, Edilberto Crocotá comprovou a boa fase e finalizou o carateca Pedro Iriê com uma guilhotina, em pouco mais de dois minutos de luta. Após o combate, o baiano aproveitou para provocar o público paulista, que torcia por seu adversário.

 

“A Bahia comprou São Paulo, quem manda aqui sou eu”, disparou o faixa-preta de Rodrigo Minotauro, sob vaias.

 

Já no combate principal da noite, o público paulista pode comemorar. Serginho Moraes se recuperou da derrota sofrida no Jungle Fight 15 e dominou todo o combate contra o Etoube Manuelo. Sem perder tempo, o faixa-preta da Alliance levou o combate para o chão e usou seu jiu-jitsu para dominar as posições e chegar e encerrar o combate com uma bela kimura no primeiro round.

 

MMA:
– Sergio Moraes (Alliance) finalizou Etoube Manuelo (Clube da Luta – Peru) com uma kimura no 1R;
– Edilberto Crocotá (Champion) finalizou Pedro Iriê (Ichigueki) com  uma guilhotina no 1R;
– Pedro Munhoz (Gibi Thai) derrotou Pablo Alfonso (MMA Master Cuba América) na decisão unânime dos juizes;
– Claudio Godoy (Center Fight) nocauteou Fernando “Zopilote” Duany (Clube da Luta – Peru) no 1R;
– Renato Moicano (Constrictor Team) finalizou Marcos de Almeida (ASLE) com um mata-leão no 3R;
– Erick Becker finalizou Douglas Bertazini (Miguel Repanas) com um mata-leão no 3R;
– Gil de Freitas (Barbosa JJ Team) finalizou Junior “Killer” (Fight Sports) com um arm-lock no 2R;

Disputa pelo título brasileiro Low Kicks:
– Hernani Perpétuo (RJ) nocauteou Marcelo Amaral (SP) no 3R

Deixe seu comentário