Entrevista: Fedor Emelianenko fala sobre sua volta ao Japão

Em entrevista concedida ao canal Samurai TV, no último dia 22 de novembro, o campeão dos pesos pesados do Pride, Fedor Emelianenko falou de sua volta ao Japão, ao antigo Pride e sobre perspectivas futuras. Confira a entrevista na integra

– Você não esteve no Japão por um bom tempo, como se sente?

Fedor: Estou feliz de estar aqui no Japão novamente. Eu sabia que poderia voltar para todos os meus fãs do Japão

– Como você soube que poderia lutar no evento de ano novo?

Fedor: Vadmim (seu agente) me perguntou se eu estava interessado e eu aceitei a oferta imediatamente. Eu quero me preparar bem para essa luta e de ter um excitante combate.

– Você tem algum comentário parar o antigo ‘staff’ do PRIDE ?

Fedor: Eu nao penso que esse é o ultimo evento que eu trabalharei com eles. M-1 Global tem um plano de negócios para promover eventos iniciando no ano que vem (2008). M-1 Global esta atualmente aproximando-se deles e solicitando que eles suportem os eventos. Eu acredito que a M-1 Global vai incorporar os antigos funcionários do PRIDE e criar ótimos eventos, como o PRIDE teve anteriormente no Japão.

– Porque você escolheu o M-1 Global?

Fedor: M-1 Global é formado por um ‘staff’ de confiança e nós concordamos em criar o melhor evento de MMA. Eu aceitei porque M-1 Global vai ter eventos no Japão, Rússia, Holanda e também nos Estados Unidos.

– Com quem você gostaria de lutar ?

Fedor: Eu gostaria de lutar com os campeões de outras organizações de MMA, como o Randy Couture, Gabriel Gonzaga e campeões do UFC, Cage Rage, IFL e etc..

– Qual é a sua definição do lutador mais forte ?

Fedor: O lutador mais forte deve ser capaz de vencer todos os oponentes, respeitar os outros lutadores, entender as circunstancias e comunicar-se bem com os outros.

– Você acha que é o melhor atualmente?

Fedor: Eu não acho que sou o melhor agora, mas estou tentando ser.

– Você tem alguma mensagem parar os seus fãs ?

Fedor: Eu estou feliz de lutar no Japão novamente. Eu treino duro pra vencer, por favor, venham ver minha luta.

Deixe seu comentário