Anderson Silva afirma: “Não sou imbatível”

Anderson Silva - Foto: Divulgação

Treze lutas invicto, oito defesas de cinturão e recorde de vitórias consecutivas no UFC. Este é o retrospecto do campeão peso médio Anderson Silva em quase cinco anos como lutador do Ultimate. O próximo desafio do brasileiro está agendado para o dia 27 de agosto, no UFC Rio, onde Anderson colocará seu título em disputa frente ao japonês Yushin Okami na luta principal da noite.

 

Apesar dos números, o brasileiro nega o rótulo de invencível e salienta que a sequência de resultados positivos na carreira é apenas fruto de um trabalho sério realizado junto com sua equipe. Em uma videoconferência transmitida em seu perfil no Twitter, Anderson frisou que existem brechas em seu jogo e que elas podem aparecer no decorrer da revanche contra Okami, que já o derrotou em 2006 no Rumble on the Rock 8.

  

“Não sou imbatível. Já passei por situações que demostraram isto. Treino forte para apresentar um bom trabalho, porém a qualquer momento posso ser derrotado”, afirmou o campeão.

 

Apesar do cartel de Anderson lhe credenciar como franco favorito contra o japonês, o casca-grossa mantém a humildade ressaltando que tal domínio na categoria pode favorecer Okami, pois seu estilo de luta pode ser estudado mais detalhadamente por seu oponente. O atleta tupiniquim frisou ainda que se sente feliz em ser lembrado como um dos melhores lutadores peso-por-peso da atualidade, contudo acredita que deve ser testado mais vezes para então alcançar tal posto.   

 

“Talvez eu me torne a próxima vítima. Ainda há muito a fazer para que eu possa ser chamado de uma lenda viva do MMA”, concluiu Anderson.

Deixe seu comentário