Shields lamenta erros, mas espera nova chance para disputar o cinturão

Foram necessárias 16 lutas e mais de seis anos para que Jake Shields fosse derrotado. Neste sábado (30), George St. Pierre foi seu algoz na atração principal do UFC 129. A luta foi valida pelo o cinturão dos meio-médios e o canadense conseguiu defender o título pela sexta vez.

 

“Obviamente não estou feliz. Eu vim aqui e perdi por pouco. Georges tem uma ótima técnica em pé e me manteve longe dos takedowns. Ele fez um excelente trabalho”, disse o lutador na coletiva de imprensa após o evento

 

Durante a luta, Shields falhava sempre que tentava no raio de ação de GSP. Sua estratégia de tentar a luta no solo não foi bem sucedida e o norte-americano teve que arriscar o jogo na luta em pé.

 

“Acho que preciso voltar para minha academia, treinar meu boxe e melhorar cada vez mais”, disse. “Queria colocá-lo para baixo, mas ele se esquivou dos meus primeiros golpes. Não sei porque tentei usar o boxe. Agora eu olho para trás e vejo que realmente estraguei tudo. Georges é um grande lutador, lutou muito bem, e eu não consegui chegar perto dele. Ele teve um ótimo plano de jogo”, completou.

 

O ex-campeão do Shooto, Rumble on the Rock, Elite XC e Strikeforce espera aprender com seus erros e sonha em conseguir outra chance para disputar o título:

 

“Espero que minha próxima luta seja completamente diferente e então, espero que antes da minha aposentadoria eu receba outra chance para disputar o cinturão”, encerrou

Deixe seu comentário