Lyoto Machida almeja novo confronto com Tito Ortiz no UFC

Lyoto Machida – Foto: Divulgação

O ex-campeão meio-pesado do UFC Lyoto Machida se reencontrou com a vitória na edição 129 do evento. Com um nocaute avassalador no membro do Hall da Fama Randy Couture, o brasileiro deu fim a uma série de duas derrotas consecutivas na carreira e retomou sua caminhada em busca do cinturão do qual um dia foi dono.

 

Planejando seu futuro no Ultimate, o atleta se mostra atento ao atual cenário de sua categoria dentro da organização. Machida revelou que o objetivo de Joe Silva, matchmaker do UFC, era casar o combate entre ele e Ryan Bader. Porém, o norte-americano acabou sendo finalizado por Tito Ortiz no UFC 132, fato que, para o brasileiro, pode ter atrapalhado os planos do dirigente.

 

“Primeiramente queriam me escalar contra Bader, mas sua derrota para Ortiz me deixou novamente sem oponente. Eu poderia encarar Rampage ou Jones, mas ambos sem enfrentarão pelo cinturão, além de que também boa parte dos atletas meio-pesados já estão com lutas marcadas”, salientou Machida.

 

Tendo em vista o atual cenário da categoria até 93 Kg do UFC, o brasileiro não vê outra saída a não ser reeditar o confronto com Ortiz. Os ex-campeões se enfrentaram em 2008 no UFC 84, onde Machida venceu na decisão unânime dos juízes.  Conforme o baiano radicado no Pará, um novo resultado positivo frente ao “Bad Boy de Hunnington Beach” pode colocá-lo mais próximo de um futuro posto de desafiante ao título do evento.

 

“Uma nova luta contra Tito seria interessante. Não pelo lado financeiro, mas pelo que ela pode representar na minha busca pelo cinturão. Com certeza eu aceitaria prontamente este combate”, afirmou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário