Garbrandt ataca TJ Dillashaw: ‘Era um câncer no nosso time’

Atual campeão provocou ex-companheiro de equipe, e garantiu que o nocauteou durante treino

Garbrandt é o novo campeão peso galo do UFC. (Foto: Getty Images)

Garbrandt é o novo campeão peso galo do UFC. (Foto: Getty Images)

 

O campeão Cody Garbrandt tem duas opções para a primeira defesa de seu título: uma revanche com sua última vítima, Dominick Cruz, ou uma luta contra TJ Dillashaw, seu ex-companheiro de equipe. E parece que “No Love” não gostou nada da forma como TJ deixou a Team Alpha Male e gostaria de enfrentá-lo em breve:

Veja Também

A. Nunes celebra vitória sobre Ronda (FOTO: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
Amanda Nunes: ‘Quero dois cinturões como McGregor’
Shogun (foto) vem de vitória sobre Corey Anderson Foto: Josh Hedges/UFC
Maurício Shogun pega Gian Villante no UFC Fortaleza
Bader atropelou Minotouro no UFC São Paulo. (Foto: Getty)
Sem contrato com UFC, Ryan Bader pode acabar no Bellator

“Não me importo em chutar o traseiro de TJ. Ele era um câncer para o nosso time e ele tentou destruir tudo, fez tudo em nível pessoal. Ele é um péssimo provocador. Péssimo”, comentou Garbrandt, no podcast UFC Unfiltered.

Garbrandt aind garantiu ter nocauteado Dillashaw quando ainda estava no início de sua carreira profissional e negou que o ex-campeão o fez chorar durante um treino.

“Vou poupar todos de comprarem o pay-per-view e colocar no ar o vídeo em que nocauteio TJ quando estava com apenas uma vitória na minha carreira. Uma vitória. Aquele otário nunca me fez chorar. Eu não estava olhando para o teto nocauteado. Era ele”, encerrou.

Garbrandt se tornou campeão peso galo no UFC 207, último evento do Ultimate em 2016. Na ocasião, ele venceu Dominick Cruz, que estava invicto há quase dez anos, por decisão unânime.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário