Mark Hunt diz que Ultimate o forçou a aceitar luta com Overeem

Neozelandês processou o UFC após luta com Brock Lesnar

Hunt processou o UFC após luta com Lesnar Foto: Josh Hedges/UFC

Hunt processou o UFC após luta com Lesnar Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Cigano (esq) e Werdum (dir) são desafetos declarados. (Foto: Produção SUPER LUTAS / Getty Images)
Cigano revela que Werdum voltou a recusar revanche entre os dois
Belfort (esq) e Gastelum (dir) vão medir forças em no UFC Fortaleza. (Foto: Produção SUPER LUTAS (Divulgação/UFC)
Veja primeira encarada entre Vitor Belfort e Kelvin Gastelum
Kennedy deixa o MMA aos 37 anos. (Foto: Getty Images)
Aos 37 anos, Tim Kennedy anuncia sua aposentadoria do MMA

A relação entre UFC e Mark Hunt parece piorar a cada dia. O neozelandês recentemente processou a companhia por conta da punição dada a Brock Lesnar, que foi pego no exame antidoping após o duelo entre os dois pelo UFC 200. E agora o ex-campeão do K-1 acusou o Ultimate de “basicamente” tê-lo forçado a aceitar a luta contra Alistair Overeem, que deve ocorrer no UFC 209, em março.

“Eles me colocaram em uma situação que eu ia fazer o quê? Eles forçaram essa luta basicamente. Eu não podia ir para nenhum outro lugar. Essa é a situação atual. Se eu não posso trabalhar em nenhum outro lugar e ainda estou tentando ter minha parcela justa, o que eu posso fazer? Se vão me deixar ir, que deixem logo. Pelo menos posso ir trabalhar em outro lugar. Eu preciso cuidar da minha família e dos meus compromissos. Eles não podem me deixar de lado sem trabalho nenhum. Não podem fazer isso”, comentou Hunt, ao programa “The MMA Hour”.

O peso pesado queria ser liberado de seu contrato, mas o UFC se recusou, motivando sua reclamação mais recente. Hunt e Overeem já se enfrentaram no Dream, evento japonês, em 2008. Na ocasião, vitória do holandês por finalização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário