Por cinturão, Gilbert Melendez deve descer para o peso pena

Ex-campeão do Strikeforce não vence uma luta desde 2013

G. Melendez vai tentar a sorte entre os penas Foto: Josh Hedges/UFC

G. Melendez vai tentar a sorte entre os penas Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

R. Jason (esq) luta contra J. Kennedy (FOTO: Divulgação UFC Brasil)
Rony Jason enfrenta Jeremy Kennedy no UFC Fortaleza
Tanquinho vem de vitória no UFC (Foto: Getty Images)
Exclusivo: Após primeira vitória, Tanquinho pede vaga no UFC Fortaleza: ‘Quero muito’
Anderson enfrenta D. Brunson dia 11 de fevereiro. Foto: Josh Hedges/UFC
Com luta marcada no UFC 208, Anderson Silva publica video de treinamento

Ex-campeão dos leves do Strikeforce, Gilbert Melendez esteve perto de repetir o feito no UFC em duas oportunidades. Mas após derrotas para os campeões Ben Henderson e Anthony Pettis, o norte-americano acabou se perdendo na divisão. Buscando o título do Ultimate, ele decidiu descer para os penas. Porém, ainda resta a aprovação do evento, que ainda não lhe ofereceu nenhuma luta até 66 kg.

“Até eu conseguir uma luta nos penas, eu não posso realmente confirmar isso. Mas sim, esse é o meu objetivo atual (descer de peso). Eu estou tentando emagrecer. Eu estou fazendo uma dieta e perder um pouco mais de gordura na barriga, para maximizar o potencial do meu corpo. Quando eu atingir este ponto, que devo atingir já nas próximas semanas, eu vou realmente poder fazer essa mudança e tomar essa decisão. Esse é o meu objetivo, bater 66 quilos. É nisso que eu estou trabalhando no momento. Quero uma última corrida pelo cinturão”, comentou Melendez, de 34 anos, ao MMA Junkie Radio.

Apesar de ter sido contratado a peso de ouro, o norte-americano, campeão também de eventos menores como o WEC, não correspondeu às expectativas. Sua única vitória no Ultimate foi contra Diego Sánchez, em 2013. Após revés para Eddie Alvarez, em 2015, ele ainda foi pego no exame antidoping e suspenso por ano. No retorno às competições, perdeu para Edson Barboza, e agora tenta se reinventar entre os penas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário