Após troca de provocações, Ferguson ameaça campeão Woodley

Desafiante ao título interino dos leves diz que poderia subir para os meio-médios para desafiar o campeão da categoria

T. Ferguson (foto) respondeu a T. Woodley (Foto: Getty Images)

T. Ferguson (foto) respondeu a T. Woodley (Foto: Getty Images)

A ordem das lutas do UFC 209 criou uma confusão entre dois de seus protagonistas. Tony Ferguson disse que seu duelo contra Khabib Nurmagomedov deveria ser a luta principal do evento, e ouviu Tyron Woodley, que defende seu título meio-médio contra Stephen Thompson na grande atração da noite, provocá-lo, dizendo que ele era o único dono de um cinturão em todo o UFC 209.

Ferguson não parece ter gostado da troca de provocações e ameaçou subir de divisão para buscar uma luta com Woodley. O peso leve iniciou sua carreira no Ultimate até 77 kg., quando ganhou o TUF 13 em 2011. Logo depois, porém, desceu de divisão e agora está invicto há oito lutas.

“Eu ouvi dizer que ele respondeu, mas sabe de uma coisa? É melhor ele ter cuidado porque eu ganhei o The Ultimate Fighter na categoria dele”, avisou Ferguson, em entrevista antes do UFC 209, dando a entender que estaria disposto a subir de divisão.

O peso leve norte-americano tem apenas uma derrota no Ultimate, contra 11 vitórias. Atualmente, vem numa sequência de nove triunfos seguidos, incluindo conquistas sobre os brasileiros Gleison Tibau, Edson Barboza e Rafael Dos Anjos, este último ex-campeão da categoria até 70 kg. no UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário