Após nova derrota, Belfort deixa o top-10 dos médios do UFC

Brasileiro perdeu duas posições e agora é o 11º colocado; Massaranduba, Bethe e Formiga também caem

Belfort (dir) sofreu terceira derrota seguida (Foto: Buda Mendes/UFC)

Belfort (dir) sofreu terceira derrota seguida (Foto: Buda Mendes/UFC)

Além da terceira derrota seguida, sofrida para Kelvin Gastelum no UFC Fortaleza do último sábado (11), Vitor Belfort também amargou a perda de duas posições no ranking do peso médio do Ultimate. Com o novo revés, o Fenômeno deixou o top-10 da categoria e agora está na 11ª posição. Vitorioso fora de casa, Gastelum subiu dois lugares e está em oitavo.

Veja Também

Belfort (esq) venceu Bisping (dir) em 2013. (FOTO: Jeff Bottari/UFC)
Bisping ironiza e diz que Belfort devia enfrentar “jovem cheio de esteroides”
H. Lombard (foto) quer enfrentar V. Belfort Foto: Josh Hedges/UFC
Hector Lombard pede para ser o último adversário de Vitor Belfort
Brave 3 terá nova luta principal. (Foto: Divulgação)
Bananada se lesiona, e Lucas Mineiro enfrenta mexicano no Brave 3

Vitor Belfort luta desde 2009 no peso médio do UFC e esteve sempre entre os melhores do mundo. Antes da recente queda de rendimento com as três derrotas em sequência, o brasileiro tinha vitórias sobre Rich Franklin, Luke Rockhold e Michael Bisping, três atletas que foram campeões da divisão – Bisping é o atual dono do cinturão.

Além de Belfort, outros dois brasileiros caíram nos rankings de suas divisões após derrotas no UFC Fortaleza. Francisco Massaranduba, que era o 11º melhor peso leve do Ultimate, teve sua série de sete vitórias seguidas interrompidas por Kevin Lee e acabou caindo para a 15ª posição, sendo ultrapassado por, entre outros, seu próprio algoz, que agora ocupa sua antiga colocação.

No peso mosca, Jussier Formiga, superado por Ray Borg, perdeu duas posições. O brasileiro agora é apenas o quinto melhor lutador até 57 kg. do UFC. Seu algoz ganhou quatro posições, passando da oitava para a quarta colocação. No galo feminino, Bethe Correia empatou com Marion Reneau, mas perdeu um degrau, saindo da nona para a décima posição.

Maurício Shogun foi o único brasileiro que ganhou uma colocação após o UFC Fortaleza. Ex-campeão meio pesado, ele agora está entre os cinco melhores do UFC na sua categoria, tendo ultrapassado Ryan Bader, que teve seu nome retirado do ranking.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário