Bethe garante que pode nocautear Holm: ‘Ela é superestimada’

Peso galo brasileira enfrenta a ex-campeã na luta principal do UFC Cingapura, que ocorre em junho

B. Correia (foto) vem de empate com M. Reneau (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)

B. Correia (foto) vem de empate com M. Reneau (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)

Pela segunda vez em sua carreira, Bethe Correia fará uma luta principal no Ultimate, em 17 de junho, quando enfrenta Holly Holm na atração principal do UFC Cingapura. Confiante em suas capacidades, a brasileira se sente capaz de nocautear a ex-campeã, que vem de três derrotas seguidas, incluindo um revés em disputa pelo título peso pena, contra Germaine De Randamie.

Veja Também

VanZant causou polêmica nas redes sociais (Foto: Jeff Bottari/UFC)
Musa do UFC mostra calcinha em video ousado e é criticada por lutadoras
Belfort pretende seguir lutando no UFC (Foto: Buda Mendes/UFC)
Belfort convoca torcida para despedida no UFC Rio: ‘Conto com todos vocês’
Hendricks (dir) foi derrotado por St. Pierre (esq) em 2013 Reprodução / Facebook / UFC
Hendricks mira revanche com GSP: ‘Quero aposentá-lo novamente’

Para a Pitbull, sua próxima adversária foi superestimada, principalmente após nocautear Ronda Rousey e chocar o mundo. Segundo Bethe, essa foi a única grande performance de Holm no octógono e a norte-americana tem apenas “boas apresentações” dentro do UFC.

“Não tenho o que falar sobre ela como pessoa. Como atleta, acho-a um pouco superestimada, apesar de ter grande potencial. Contra Ronda, ela fez uma luta estratégica e teve uma grande performance, mas em todas as outras lutas que ela fez no UFC, teve apenas boas apresentações. Nada de espetacular. Ela é superestimada. Diferente dela, sou subestimada. Há muitos buracos no jogo de Holly (…) O boxe é a grande arma dela, mas é minha grande arma também. Acredito muito nas minhas mãos e não tenho medo de trocar com ninguém. Eu acredito que posso conseguir o nocaute. Vejo muitos buracos no jogo em pé dela, então estou confiante”, sentenciou Bethe, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Apesar da confiança, o último resultado da brasileira não foi bom. Ela vem de empate com Marion Reneau, no UFC Fortaleza, em luta na qual quase foi nocauteada pela adversária. Antes disso, Bethe havia vencido Jessica Eye e perdido para Ronda Rousey e Raquel Pennington. Já Holm perdeu para Miesha Tate e Valentina Shevchenko, além do último revés contra De Randamie.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário